Connect with us
Queen, Billie Eilish e Taylor Swift são indicados para o American Music Awards 2019 Queen, Billie Eilish e Taylor Swift são indicados para o American Music Awards 2019

POP

Queen, Billie Eilish e Taylor Swift são indicados para o American Music Awards 2019

Divulgação

Published

on

O American Music Awards de 2019 está próximo de acontecer e as indicações foram anunciadas, com destaque para o Queen, Billie Eilish e Taylor Swift entre os indicados.

Post Malone lidera a lista com 7 indicações, com Ariana Grande e Billie Eilish com 6 indicações cada. Atualmente, Taylor Swift detém o maior número de vitórias no AMA com quatro prêmios e pode superar Michael Jackson se ela vencer duas das cinco categorias em que foi indicada.

Queen, Billie Eilish e Taylor Swift são indicados para o American Music Awards 2019

Elton John recebeu uma indicação para o troféu Tour of the Year pela sua turnê de despedida Farewell Yellow Brick Road. O lendário pianista e cantor britânico vai concorrer com outros grandes nomes como Ed Sheeran, BTS, Ariana Grande e Pink.

Na categoria de trilha sonora, o Queen está disputando com Bohemian Rhapsody e A Star Is Born vão duelar novamente, como aconteceu no Oscar. Ambas as produções, juntamente com a trilha sonora de Spider-Man: Into the Spider Verse, estarão no páreo.

O American Music Awards de 2019 acontecerá no Microsoft Theatre em Los Angeles (EUA) no dia 24 de novembro.

POP

Robbie Williams revela que foi ameaçado de decapitação no Haiti em 2010

Published

on

Robbie Williams revela que foi ameaçado de decapitação no Haiti em 2010
Divulgação | Getty Images

O cantor britânico Robbie Williams revelou que ele e sua esposa Ayda Field foram ameaçados de decapitação durante uma viagem ao Haiti em 2010. Eles viajaram para o país após o terremoto devastador que ocorreu naquele ano, mas correram risco de morte quando foram acometidos por uma emboscada durante a viagem de quatro dias.

Robbie Williams revela que foi ameaçado de decapitação no Haiti em 2010

Foto: Divulgação | Getty Images

“Fui ameaçado de ser decapitado no Haiti. Estávamos indo lá para ajudar. Eu pensava: “Devemos ir para a próxima rua então? e olhando para trás, foi assustador”, revelou Robbie Williams em uma entrevista ao podcast Edge.

Ayda concordou, acrescentando: “Eu estava com você, também estava sendo ameaçada de ser decapitada”.

Robbie Williams e Ayda Field viajaram ao país caribenho com a UNICEF para um apelo urgente de auxilio às pessoas que perderam suas casas durante o terremoto no país.

“Quando você vai a alguma lugar como o Haiti, você sente vontade de ajudar”, disse Willliams. “É horrível o que aconteceu. Trabalhar com crianças me fez querer tê-las”, concluiu.

Continue Reading

POP

Dua Lipa já planeja colaboração com Madonna

Published

on

Dua Lipa já planeja colaboração com Madonna
Divulgação | Instagram

A cantora britânica Dua Lipa deseja realizar uma colaboração com a popstar Madonna em uma nova faixa. Esse propósito ganhou força depois que admitiu que a Rainha do Pop é a sua maior inspiração.

Dua Lipa já planeja colaboração com Madonna

Foto: Divulgação | Instagram

O empresário de Dua Lipa, Ben Mawson, chegou a afirmar que Future Nostalgia, lançado em março pela Warner foi um disco “fortemente influenciado por Madonna”. E acrescentou à Music Week que ele está lançando um dueto em potencial com duas estrelas.

“Ela é definitivamente a estrela pop completa e, obviamente, este álbum é fortemente influenciado por Madonna”, disse Ben Mawson. “Na verdade, estamos prestes a tentar gravar com Madonna”. Vou escrever o e-mail e ver se ela está disposta a participar de uma faixa de Dua. Mas Dua definitivamente tem tudo, então ela tem um potencial ilimitado”.

Continue Reading

POP

Lana Del Rey revela que confia em seus empresários para “apoio emocional”

Published

on

Lana Del Rey revela que confia em seus empresários para "apoio emocional"
Reprodução | Instagram

Desde que se viu acusada de insensibilidade racial por referenciar estrelas como Nicki Minaj e Beyoncé por “terem canções que falam sobre vestir roupas, f**** e trapacear”, a cantora britânica Lana Del Rey revelou que busca apoio aos seus empresários e equipe em momentos como esse. Del Rey foi imediatamente criticada pelo o que disse e condenou as alegações de racismo por serem “odiosas” e “rancorosas” em seus perfis nas redes sociais.

Lana Del Rey revela que confia em seus empresários para "apoio emocional"

Foto: Reprodução | Instagram

Durante uma entrevista à Music Week, Lana Del Rey disse que confia em sua equipe de gerenciamento da Tap Music por auxiliá-la em tempos difíceis.

“Onde eu começo a identificar como eles mais me ajudaram? Eu acho que a maneira como eles principalmente me ajudaram é me enxergarem como uma pessoa real, com desafios e presentes únicos”, disse Lana Del Rey. “Eles entenderam que eu tenho uma sensibilidade real a meu respeito e é isso que torna a música bonita, mas é o que torna certos processos mais desafiadores”, explicou.

Perguntada pela Music Week com que frequência ela pede auxílio à sua equipe, Lana Del Rey explicou: “Honestamente, semanalmente…”, disse. “Meus desafios nunca envolveram a criação de um disco, a divulgação de músicas ou como fazer isso. Eu preciso deles tanto para apoio emocional quanto para um orientação de carreira”, concluiu.

Lana Del Rey lançará seu novo álbum Chemtrails Over the Country Club no dia 5 de setembro.

Continue Reading

As Mais Lidas