Connect with us
R.E.M: "Monster" ganha edição deluxe de 25 anos em novembro R.E.M: "Monster" ganha edição deluxe de 25 anos em novembro

ROCK

R.E.M: “Monster” ganha edição deluxe de 25 anos em novembro

Divulgação

Published

on

A Craft Recordings relançará o álbum Monster do R.E.M. em comemoração aos 25 anos de seu lançamento. O aclamado nono álbum da banda formada por Michael Stipe, Mike Mills, Peter Buck e Bill Berry foi remasterizado por Greg Calbi na Sterling Sound e será disponível para o mercado internacional em vários formatos no dia 1º de novembro.

R.E.M: "Monster" ganha edição deluxe de 25 anos em novembro

Monster ganhará uma edição em box deluxe com 5 CD´s e um Blu-ray que incluirá o álbum original, um remix especial de 2019 realizado pelo produtor Scott Litt, um CD de demos inéditas e uma performance ao vivo do R.E.M. realizada em 1995 na cidade norte-americana de Chicago. O áudio é de alta resolução em 5.1 Surround Sound e conteúdo audiovisual também apresentará o filme Road Movie, um documentário da banda realizado em 1995 e todos os seis clipes de divulgação de Monster.

A edição de 25 anos também contará com um livro de cinco polegadas e meia com anotações do jornalista Matthew Perpetua, que disponibilizará aos fãs novas informações dos membros da banda e fotografias de arquivo. Uma edição ampliada de Monster oferece o álbum original e a versão remixada de 2019, que também estará disponível em vinil duplo de 180 gramas ou 2 CD´s, ambas com capas reimaginadas pelo designer de longa data da banda, Chris Bilheimer.

Na época em que Monster foi lançado, o R.E.M. já havia lançado dois grandes álbuns que colocaram a banda no mainstream: o Out Of Time de 1991 e Automatic For The People de 1992. Esses dois trabalhos que ganharam elogios da critica mundial e renderam os megahits Losing My Religion, Man On The Moon e Everybody Hurts. A concepção de Monster estava focada em uma mudança sonora da banda, com sons mais ácidos que de seus álbuns anteriores, repletos de baladas e sons acústicos. Peter Buck relembrou aquele momento: “Estávamos tentando nos sentir como uma banda diferente… Queríamos fugir de quem éramos.”

Uma prova disso é What´s The Frequency, Kenneth?, que resultou em uma série de distorções de guitarra e efeitos, além de sua letra falando da farsa da mídia e do marketing na época da geração X. O disco também revelou dois momentos difíceis: na canção Bang and Blame que apresentou Thurston Moore do Sonic Youth e a atriz Rain Phoenix – esta, irmã de River, que faleceu em 1993 e teve Monster dedicado a ele – e Let Me In, uma homenagem a Kurt Cobain, líder do Nirvana, morto meses antes do lançamento deste álbum. “É o lançamento catártico de Michael em resposta à perda de um bom amigo e de alguém com quem todos nós sentimentos criativamente alinhados”.

O R.E.M. se aproxima de seus 40 anos de carreira em 2020 e já lançou um total de 15 álbuns de estúdio, conquistando por três vezes o Grammy e foi introduzido no Hall da Fama do Rock em 2007.

Confira o conteúdo completo da reedição histórica de Monster:

Monster: Deluxe Box

Disco 1 (CD) – Monster (Remastered)

What’s The Frequency, Kenneth?
Crush With Eyeliner
King Of Comedy
I Don’t Sleep, I Dream
Star 69
Strange Currencies
Tongue
Bang And Blame
I Took Your Name
Let Me In
Circus Envy
You

Disco 2 (CD) – Monster (Demos)

Pete’s Hit
Uptempo Mo Distortion
Uptempo Ricky
Harlan County with Whistling
Lost Song
AM Boo
Mike’s Gtr
Sputnik 1 Remix
Black Sky 4-14
Revolution 4-21
Rocker with vocal
Time Is On Mike’s Side
1Experiment 4-28 no vocal
Highland Fling 4-29
Cranky 4-29

Disco 4 (CD) – Monster (Remixado)

What’s The Frequency, Kenneth? (Remix)
Crush With Eyeliner (Remix)
King Of Comedy (Remix)
I Don’t Sleep, I Dream (Remix)
Star 69 (Remix)
Strange Currencies (Remix)
Tongue (Remix)
Bang And Blame (Remix)
I Took Your Name (Remix)
Let Me In (Remix)
Circus Envy (Remix)
You’ (Remix)

Disco 4 (CD) – Live in Chicago 6/3/95 – Monster 1995 Tour (Parte 1)

What’s The Frequency, Kenneth?
Circus Envy
Crush With Eyeliner
Near Wild Heaven
Welcome To The Occupation
Undertow
I Took Your Name
Strange Currencies
Me In Honey
Revolution
Tongue’
Man On The Moon
Country Feedback
Monty Got A Raw Deal

Disco 5 (CD) – Live in Chicago 6/3/95 – Monster 1995 Tour (Parte 2)

Losing My Religion
You
Departure
Orange Crush
Get Up
Star 69
Let Me In
Everybody Hurts
So. Central Rain (I’m Sorry)
Pop Song 89
Its The End Of The World As We Know It (And I Feel Fine)

Disco 6 (Blu-ray)

Monster – 5.1 Surround Sound
Monster – Hi-Resolution Audio
Road Movie (concert film)
What’s The Frequency, Kenneth? (music video)
Crush With Eyeliner (music video)
Star 69’ (music video)
Strange Currencies (music video)
Tongue (music video)
Bang And Blame (music video)

ROCK

Pixies disponibiliza coletânea inédita de demos “Beneath the Eyrie Pt. 2”

Published

on

Pixies disponibiliza coletânea inédita de demos "Beneath the Eyrie Pt. 2"
Divulgação

Depois do sucesso do último álbum Beneath The Eyrie, os Pixies retornaram ao mercado em janeiro, com o segundo trio de demos inéditas retiradas das sessões de gravação do projeto de estúdio. Tendo alcançado o TOP 10 no Reino Unido, no Album Chart, os músicos dão continuidade a esta estreia.

Pixies disponibiliza coletânea inédita de demos "Beneath the Eyrie Pt. 2"

A banda entrega ao público, nesta sexta-feira (28), uma seleção exclusiva de faixas que não aparecem na tracklist final do projeto lançado em 2019. Já está disponível, em todas as plataformas digitais pela BMG, o álbum demo na íntegra, que leva ao show de verão britânico, no Hyde Park, dia 10 de julho, ao lado do Pearl Jam.

Confira:

https://open.spotify.com/album/6Ivmh3WMNyNnFDZWtaRTna

Continue Reading

ROCK

George Harrison será homenageado com memorial em 2021 

Projeto celebrará o 77º aniversário do saudoso ex-Beatle

Published

on

George Harrison será homenageado com memorial em 2021
Divulgação

O saudoso ex-beatle George Harrison (1943-2001) será homenageado em 2021 com um novo memorial que será construído em Liverpool para marcar o seu 77º aniversário. O projeto, que foi anunciado pelo Liverpool City Council e pelos representantes legais do cantor, inclui uma pista na cidade.

George Harrison será homenageado com memorial em 2021

Nomeada George Harrison Woodland Walk estará localizada no subúrbio de Allerton em Liverpool, perto de onde Harrison nasceu e passou seus anos de formação.

Depois que o memorial for concluído, ele apresentará uma seleção de instalações artísticas diretamente inspiradas nas letras de George Harrison e em sua vida, além de uma sala de aula da natureza para auxiliar crianças em idade escolar e aprender sobre a natureza, enquanto que os artistas locais serão incentivados a enviar ideias para suas próprias obras de arte.

“O local é uma floresta madura no sul de Liverpool, perto de onde George nasceu e cresceu. O local de 12 acres de Greenland, em frente a Allerton Towers, atualmente é uma mistura de bosques e prados maduros. Esperamos encomendar várias peças inicialmente, com o objetivo de adicionar mais trabalhos nos próximos anos.”, disse um comunicado da Culture Liverpool.

Olivia Harrison, viúva de George, disse sobre a inspiração do novo memorial: “George era um jardineiro ávido que encontrou consolo e alegria por estar ao ar livre. Acho que não há maneira melhor de comemorá-lo em Liverpool do que com um jardim que pode se tornar um lugar de tranquilidade e reflexão para todos. Estou realmente ansiosa para vê-lo mudar e crescer nos próximos anos”, concluiu.

Continue Reading

ROCK

Jon Bon Jovi: “Queria que Mick Jagger se aposentasse para saber onde é o fim” 

Frontman da banda que leva seu nome revela que está admirado com a longevidade do roqueiro britânico e considera os Rolling Stones como “a sua banda favorita”

Published

on

Jon Bon Jovi: "Queria que Mick Jagger se aposentasse para saber onde é o fim" 
Divulgação

O cantor Jon Bon Jovi deu uma declaração irreverente ao falar de Mick Jagger. Durante uma entrevista à Guilty Pleasures, o músico de 57 anos admitiu que está “admirado” pela longevidade de Jagger, hoje com 70 anos e em plena atividade.

Jon Bon Jovi: "Queria que Mick Jagger se aposentasse para saber onde é o fim" 

“Estou admirado, mas gostaria que o filho da p**** se aposentasse só para saber onde está o fim”, disse Jon Bon Jovi de forma bem-humorada. “Eles (os Rolling Stones) são meus heróis absolutos, minha banda de rock favorita”.

Questionado se ele se ainda se apresentaria na idade de Mick Jagger, ele disse: “Espero que não. Meu objetivo é fazê-lo tão bem quanto o fiz, ou melhor, apenas para não prejudicar o legado. Ninguém amou o Elvis gordo. Você não vai ver isso comigo. Eu iria embora antes que isso aconteça”, explicou.

Jon Bon Jovi, que está prestes a lançar um novo álbum com a sua banda no dia 15 de maio, deverá se encontrar com o Príncipe Harry no icônico Abbey Road Studios para regravar o single Unbroken com o The Invictus Games Choir. A faixa é sobre veteranos que sofrem de transtorno de estresse pós-traumático. E ele prometeu envolver o membro da realeza britânica na canção.

“Vou entregar um pandeiro para ele e ver o que ele pode fazer”.

Continue Reading

As Mais Lidas