Connect with us
R.E.M: "Monster" ganha edição deluxe de 25 anos em novembro R.E.M: "Monster" ganha edição deluxe de 25 anos em novembro

ROCK

R.E.M: “Monster” ganha edição deluxe de 25 anos em novembro

Divulgação

Published

on

A Craft Recordings relançará o álbum Monster do R.E.M. em comemoração aos 25 anos de seu lançamento. O aclamado nono álbum da banda formada por Michael Stipe, Mike Mills, Peter Buck e Bill Berry foi remasterizado por Greg Calbi na Sterling Sound e será disponível para o mercado internacional em vários formatos no dia 1º de novembro.

R.E.M: "Monster" ganha edição deluxe de 25 anos em novembro

Monster ganhará uma edição em box deluxe com 5 CD´s e um Blu-ray que incluirá o álbum original, um remix especial de 2019 realizado pelo produtor Scott Litt, um CD de demos inéditas e uma performance ao vivo do R.E.M. realizada em 1995 na cidade norte-americana de Chicago. O áudio é de alta resolução em 5.1 Surround Sound e conteúdo audiovisual também apresentará o filme Road Movie, um documentário da banda realizado em 1995 e todos os seis clipes de divulgação de Monster.

A edição de 25 anos também contará com um livro de cinco polegadas e meia com anotações do jornalista Matthew Perpetua, que disponibilizará aos fãs novas informações dos membros da banda e fotografias de arquivo. Uma edição ampliada de Monster oferece o álbum original e a versão remixada de 2019, que também estará disponível em vinil duplo de 180 gramas ou 2 CD´s, ambas com capas reimaginadas pelo designer de longa data da banda, Chris Bilheimer.

Na época em que Monster foi lançado, o R.E.M. já havia lançado dois grandes álbuns que colocaram a banda no mainstream: o Out Of Time de 1991 e Automatic For The People de 1992. Esses dois trabalhos que ganharam elogios da critica mundial e renderam os megahits Losing My Religion, Man On The Moon e Everybody Hurts. A concepção de Monster estava focada em uma mudança sonora da banda, com sons mais ácidos que de seus álbuns anteriores, repletos de baladas e sons acústicos. Peter Buck relembrou aquele momento: “Estávamos tentando nos sentir como uma banda diferente… Queríamos fugir de quem éramos.”

Uma prova disso é What´s The Frequency, Kenneth?, que resultou em uma série de distorções de guitarra e efeitos, além de sua letra falando da farsa da mídia e do marketing na época da geração X. O disco também revelou dois momentos difíceis: na canção Bang and Blame que apresentou Thurston Moore do Sonic Youth e a atriz Rain Phoenix – esta, irmã de River, que faleceu em 1993 e teve Monster dedicado a ele – e Let Me In, uma homenagem a Kurt Cobain, líder do Nirvana, morto meses antes do lançamento deste álbum. “É o lançamento catártico de Michael em resposta à perda de um bom amigo e de alguém com quem todos nós sentimentos criativamente alinhados”.

O R.E.M. se aproxima de seus 40 anos de carreira em 2020 e já lançou um total de 15 álbuns de estúdio, conquistando por três vezes o Grammy e foi introduzido no Hall da Fama do Rock em 2007.

Confira o conteúdo completo da reedição histórica de Monster:

Monster: Deluxe Box

Disco 1 (CD) – Monster (Remastered)

What’s The Frequency, Kenneth?
Crush With Eyeliner
King Of Comedy
I Don’t Sleep, I Dream
Star 69
Strange Currencies
Tongue
Bang And Blame
I Took Your Name
Let Me In
Circus Envy
You

Disco 2 (CD) – Monster (Demos)

Pete’s Hit
Uptempo Mo Distortion
Uptempo Ricky
Harlan County with Whistling
Lost Song
AM Boo
Mike’s Gtr
Sputnik 1 Remix
Black Sky 4-14
Revolution 4-21
Rocker with vocal
Time Is On Mike’s Side
1Experiment 4-28 no vocal
Highland Fling 4-29
Cranky 4-29

Disco 4 (CD) – Monster (Remixado)

What’s The Frequency, Kenneth? (Remix)
Crush With Eyeliner (Remix)
King Of Comedy (Remix)
I Don’t Sleep, I Dream (Remix)
Star 69 (Remix)
Strange Currencies (Remix)
Tongue (Remix)
Bang And Blame (Remix)
I Took Your Name (Remix)
Let Me In (Remix)
Circus Envy (Remix)
You’ (Remix)

Disco 4 (CD) – Live in Chicago 6/3/95 – Monster 1995 Tour (Parte 1)

What’s The Frequency, Kenneth?
Circus Envy
Crush With Eyeliner
Near Wild Heaven
Welcome To The Occupation
Undertow
I Took Your Name
Strange Currencies
Me In Honey
Revolution
Tongue’
Man On The Moon
Country Feedback
Monty Got A Raw Deal

Disco 5 (CD) – Live in Chicago 6/3/95 – Monster 1995 Tour (Parte 2)

Losing My Religion
You
Departure
Orange Crush
Get Up
Star 69
Let Me In
Everybody Hurts
So. Central Rain (I’m Sorry)
Pop Song 89
Its The End Of The World As We Know It (And I Feel Fine)

Disco 6 (Blu-ray)

Monster – 5.1 Surround Sound
Monster – Hi-Resolution Audio
Road Movie (concert film)
What’s The Frequency, Kenneth? (music video)
Crush With Eyeliner (music video)
Star 69’ (music video)
Strange Currencies (music video)
Tongue (music video)
Bang And Blame (music video)

ROCK

Chorão será homenageado em live beneficente

#TodosCantamCharlieBrown contará com o ator Caio Castro como host e terá como missão arrecadar fundos
para o Instituto Bob Burnquist e Hospital do Câncer de Barretos

Published

on

Chorão será homenageado em live beneficente
Nestor J. Beremblum | Con

No ano em que o saudoso cantor Chorão faria 50 anos, o eterno frontman do Charlie Brown Jr. ganhará um tributo no próximo sábado (30), a partir das 13h. A live #TodosCantamCharlieBrown será transmitida no canal oficial do ator Caio Castro no YouTube e será repleta de convidados especiais.

Chorão será homenageado em live beneficente

Foto: Nestor J. Beremblum | Con

A missão principal da live é coletar doações para o Instituto Bob Burnquist e o Hospital do Câncer de Barretos. As doações poderão ser feitas via QR code a qualquer momento da live e serão intermediadas pelo PayPal – que não cobrará nenhuma taxa, ou seja, 100% do valor será repassado às instituições.

Continue Reading

ROCK

INXS: show histórico “Live Baby Live” será lançado em CD, vinil e Blu-ray 4K

Published

on

INXS: show histórico "Live Baby Live" será lançado em CD, vinil e Blu-ray 4K
Divulgação | Eagle Rock Entertainment

A Eagle Vision, empresa da Universal Music Group, anunciou nesta semana o lançamento do histórico show Live Baby Live do INXS, realizado em 1991 no Wembley Stadium. A nova versão do registro audiovisual inclui um Blu-ray UHD 4K com uma resolução 20 vezes maior que a película original de filmagem. Os novos produtos deste lançamento já estão disponíveis para pré-venda no site oficial do INXS, que variam entre £15.00 e £39.99 (cerca de R$ 97 a R$ 258).

INXS: show histórico "Live Baby Live" será lançado em CD, vinil e Blu-ray 4K

Foto: Divulgação | Eagle Rock Entertainment

Live Baby Live é apresentado pela primeira vez em tela widescreen em alta resolução. A trilha sonora completa está disponível nos pacotes de Blu-ray e DVD, além de Shining Star, a faixa de estúdio gravada pelo INXS no dia seguinte ao show em Londres, que se tornou o single principal do álbum original da compilação ao vivo em 1991.

Uma versão de Live Baby Live em vinil também está disponível com 3 discos e encartes com fotos exclusivas do show. O áudio é apresentado em Dolby Atmos e DTS-HD Master Audio (somente para a edição em Blu-ray), DTS 5.1 Sorround e Dolby 5.1 Sourround – todos mixados por Giles Martin, diretor executivo do projeto e Sam Okell no Abbey Road Studios.

“Nós éramos apenas seis caras da Austrália que trataram o Wembley Stadium como apenas mais um show de pub, entramos com um PA e algumas luzes e tocamos nosso som. Sem rampas de ego, cantores de apoio, adereços, pianos de cauda, etc., apenas nós seis… e a plateia ficou louca! É tudo o que precisávamos!”, disse Tim Farriss do INXS.

Confira o setlist:

1 Guns In The Sky
2 New Sensation
3 I Send A Message
4 The Stairs
5 Know The Difference
6 Disappear
7 By My Side
8 Hear That Sound
9 Original Sin
10 Lately (previously unreleased)
11 The Loved One
12 Wildlife
13 Mystify
14 Bitter Tears
15 Suicide Blonde
16 What You Need
17 Kick
18 Need You Tonight
19 Mediate
20 Never Tear Us Apart
21 Who Pays The Price
22 Devil Inside

Continue Reading

ROCK

Assista ao trailer de “Laurel Canyon” documentário sobre a cena musical americana dos anos 1960 e 1970 

Published

on

Assista ao trailer de "Laurel Canyon" documentário sobre a cena musical americana dos anos 1960 e 1970 
Henry Diltz

O documentário Laurel Canyon, que revisita a cena musical de Los Angeles nos anos 1960 e 1970, estreará no dia 31 de maio no Epix, emissora a cabo pertencente a Metro-Goldwyn-Mayer nos EUA. O longa-metragem é centrado nas carreiras daqueles que se tornaram grandes nomes da música internacional como os grupo The Mamas & The Papas, Crosby, Stills and Nash, The Eagles, além da cantora Linda Ronstadt.

Assista ao trailer de "Laurel Canyon" documentário sobre a cena musical americana dos anos 1960 e 1970 

Foto: Henry Diltz

Laurel Canyon tem a direção de Alison Ellwood, que já dirigiu outros documentários como o aclamado History Of The Eagles em 2013. Agora, a nova produção de Ellwood será elaborado em duas partes, com uma variedade de imagens raras e inéditas da época, além de inúmeras entrevistas com os artistas que participaram daquela cena, incluindo Michelle Phillips do The Mamas & The Papas, Don Henley do Eagles, Jackson Browne, Bonnie Raitt, Linda Ronstadt e Roger McGuinn do The Byrds.

O bairro de Laurel Canyon foi uma célula da contracultura norte-americana. Ali, surgiram grandes nomes que transitavam entre o folk, blues e o rock como Joni Mitchell, Brian Wilson, John Mayall, Frank Zappa e Jim Morrison. Regularmente, esses notáveis artistas desenvolviam colaborações entre eles, o que revolucionou a costa oeste dos EUA, que influenciaria várias gerações de artistas.

Confira o trailer:

Continue Reading

As Mais Lidas