Connect with us
Ravi Shankar: álbum clássico "West Meet East" é relançado no Brasil em digital Ravi Shankar: álbum clássico "West Meet East" é relançado no Brasil em digital

CLASSICA

Ravi Shankar: álbum clássico “West Meet East” é relançado no Brasil em digital

Divulgação

Published

on

Ravi Shankar não só é sinônimo de sitar indiano como também abriu as portas do mundo para gêneros musicais como o fusion e o minimalismo, por meio da interação com outros artistas incluindo os Beatles, Philipp Glass, Zubin Mehta e outros.

West Meets East, lançado na Grã-Bretanha em janeiro de 1967, foi gravado após o dueto de sucesso em junho de 1966 no Bath Musical Festival, onde Shankar e Menuhin tocaram parte do mesmo material. O projeto, nos volumes 1 e 2, está agora disponível em todas as plataformas digitais no Brasil pela Warner Music, via Parlophone Records.

Ravi Shankar: álbum clássico "West Meet East" é relançado no Brasil em digital

O álbum figurou no número um na lista de LPs mais vendidos da Billboard por dezoito semanas em 1967 e continuou no topo até janeiro do ano seguinte.

Em fevereiro de 1968, o álbum ganhou o Grammy Award de Melhor Performance de Música de Câmara, esta foi a primeira vez que um músico asiático ganhou um Grammy. Esse reconhecimento coincidiu com um período de grande interesse na música clássica indiana, e particularmente em Shankar, pois bandas de pop e rock ocidentais como os Beatles, os Byrds, os Rolling Stones e o Traffic adotaram sitar ou outros aspectos do gênero musical em seu som.

Ravi Shankar: álbum clássico "West Meet East" é relançado no Brasil em digital

Em julho de 1968, a Angel Records anunciou que West Meets East era o LP mais vendido na história da gravadora. O álbum foi o primeiro de uma trilogia de colaborações de West Meets East de Menuhin e Shankar. Os volumes dois e três saíram em 1968 e 1976, respectivamente.

A amizade entre os dois músicos começou na Índia no início dos anos 1950. Diz Menuhin: “Ravi Shankar me trouxe um presente precioso e, através dele, acrescentei uma nova dimensão à minha experiência musical. Para mim, seu gênio e sua humanidade só podem ser comparados aos de Mozart”. Yehudi Menuhin foi um grande promotor da música indiana para o público ocidental.

Ravi Shankar: álbum clássico "West Meet East" é relançado no Brasil em digital

O respeitado site de crítica musical, All Music Guide, traça o seguinte comentário sobre West Meets East vol. 1: “Além de ser uma gravação altamente bem-sucedida, West Meets East elevou a música mundial a novos patamares. Menuhin defendia a música indiana no Ocidente fazia anos antes de aprender a tocá-la. Sua sensibilidade ao material é demonstrada em “Sawara Kakali”, particularmente durante o tremendo dueto que encerra a faixa”.

Ouça:

Continue Reading
Advertisement

CLASSICA

Enya lança EP “Portrait” e revisita sucessos dos anos 1980 e 1990

Published

on

Enya lança EP "Portrait" e revisita sucessos dos anos 1980 e 1990
Divulgação | Warner Music

A multi-instrumentista irlandesa Enya, um dos lendários nomes da New Age, lança nesta sexta-feira (22) o EP Portrait, onde a artista revisita seus sucessos dos anos 1980 e 1990, quando ela alcançou o estrelato mundial com a sua inédita expressão musical. Além da faixa-título, o álbum conta com outros dois sucessos: Orinoco Flow (Sail Away) e Caribbean Blue.

Enya lança EP "Portrait" e revisita sucessos dos anos 1980 e 1990

Foto: Divulgação | Warner Music

Portrait foi lançada originalmente em 1986 para o álbum The Celts, com o título adicional Out Of Blue. Um introspectivo piano é acompanhado por arranjos de teclados e nesta versão, mais curta que a original, ganha uma nova mixagem.

Orinoco Flow foi a porta de entrada da Enya para o Brasil, quando a canção se transformou em um grande sucesso, com a música sendo parte integrante da trilha sonora Que Rei Sou Eu? da Rede Globo. Além disso, a música alcançou o topo das paradas britânicas e ficou entre as mais ouvidas nos EUA. A canção é parte integrante do álbum Watermark lançado pela Reprise Records em 1988.

Enya lança EP "Portrait" e revisita sucessos dos anos 1980 e 1990

Foto: Divulgação | Warner Music

A terceira e última faixa de Portrait resgata uma das canções mais icônicas da carreira de Enya. Como parte do álbum Shepherd Moons de 1991, o single Caribbean Blue encerra o EP. Com a construção melódica de uma valsa e inserções de overdubs com multiplicação de vozes (x64), marca artística da cantora, a música é um dos grandes clássicos da New Age.

Enya iniciou sua carreira em 1980 quando era integrante da banda Clannad. Nascida Eithne Pádraigín Ní Bhraonáin em 1961, a célebre artista irlandesa lançou oito álbuns entre 1986 e 2016, recebeu inúmeros prêmios, como BMI Award, Ivor Novello Award, além de indicações ao BRIT Awards, Globo de Ouro e Oscar.

Sem ter realizado uma única sequer turnê em toda a sua brilhante carreira, Enya já vendeu mais de 75 milhões de discos em todo o mundo.

Ouça o EP Portrait:

Continue Reading

CLASSICA

Coronavírus: live sinfônica reúne Ivan Lins, Flávio Venturini e Andreas Kisser em prol de recursos para o Espírito Santo 

Published

on

Coronavírus: live sinfônica reúne Ivan Lins, Flávio Venturini e Andreas Kisser em prol de recursos para o Espírito Santo
Divulgação | Secretaria de Cultura do Espírito Santo

A Orquestra Sinfônica do Espírito Santo e o Clube Big Beatles encabeçam uma Live Solidária, que vai reunir artistas de diversos gêneros musicais, no neste sábado (16), às 17 horas. O evento terá duas horas de música e solidariedade em parceria com o programa ES Solidário do Governo do Espírito Santo.

Contando com apoio de empresas como a EDP Brasil, do setor elétrico, o evento terà a participação de grandes nomes como Ivan Lins, Amaro Lima, Flávio Venturini, Andreas Kisser (guitarrista do Sepultura), Edgard Scandurra (guitarrista do Ira!) e André Prado. Todos os artistas farão suas apresentações de forma voluntária.

Coronavírus: live sinfônica reúne Ivan Lins, Flávio Venturini e Andreas Kisser em prol de recursos para o Espírito Santo

Divulgação | Secretaria de Cultura do Espírito Santo

A transmissão da live acontecerá através da internet nos canais oficiais do Governo do Espírito Santo, da Orquestra Sinfônica do Espírito Santo, do Clube Big Beatles e na TV do estado pela TVE-ES, pelos canais 2.1(aberta), 15 (Net) e 5 (RCA). O evento terá apresentação de Edu Henning com participação de entidades e apoiadores.

Os recursos arrecadados serão utilizados para comprar cestas básicas e produtos de limpeza, que terão como destino principalmente artistas circenses, técnicos das artes e comunidades tradicionais, como as indígenas e quilombola.

A live beneficente terá em seu repertório, clássicos dos Beatles como Yesterday, Let it Be, A Hard Day’s Night e Come Together.

Continue Reading

CLASSICA

Maestro João Carlos Martins apresenta live hoje no Instagram

Ele tem se preparado para o concerto no Carnegie Hall, em Nova York, em comemoração a seus 60 anos de carreira

Published

on

Maestro João Carlos Martins apresenta live hoje no Instagram
Fernando Mucci

O maestro João Carlos Martins, que em junho completa seus 80 anos de vida, tem aproveitado o isolamento para estudar e se preparar para o concerto no lendário Carnegie Hall em Nova York (EUA). Ele tem dedicado sete horas diárias ao piano e chega a usar até um teclado sem som “para não incomodar os vizinhos”, diz.

Maestro João Carlos Martins apresenta live hoje no Instagram

Martins realiza hoje (6) às 20h, uma live como parte das comemorações dos 40 anos do Shopping Iguatemi Campinas.

O evento será um concerto virtual com a participação da violinista Cíntia Nunes e tenor Jean William, músicos da Bachiana Filarmônica Sesi (SP), transmitido diretamente da sala de sua casa, onde o piano é o destaque.

Continue Reading

As Mais Lidas