in

Roxette e os 30 anos de “Joyride”. Ouça a versão deluxe

Roxette e os 30 anos de "Joyride". Ouça a versão deluxe
Foto: Warner Music | Parlophone Records

Neste domingo (28) o álbum Joyride do icônico grupo Roxette comemora 30 anos de seu lançamento original em 1991, na época pela gravadora EMI. Agora, na Warner Music, sob o lendário selo Parlophone Records, o álbum ganha uma versão deluxe nas plataformas digitais.

Roxette e os 30 anos de "Joyride". Ouça a versão deluxe
Foto: Warner Music | Parlophone Records

Joyride é a esperada sequência da espetacular revelação global de Per Gessle e Marie Fredriksson (1958-2019) com o álbum Look Sharp! de 1989 e, que desta vez, além do material original, será composto de músicas inéditas ou difíceis de obter até hoje, que pintam um retrato maior de uma trajetória brilhante da música, que ainda coloca sorrisos nos rostos das pessoas.

Como era de se esperar, Joyride, portanto, carregava um enorme peso nos ombros; o álbum deveria concretizar o recém-descoberto status do Roxette de fenômeno de sucesso global, provando que os sucessos nas paradas de 1989 e 1990 não foram por acaso. Alguns artistas teriam achado essa pressão difícil de lidar. Mas o Roxette conseguiu.

Roxette e os 30 anos de "Joyride". Ouça a versão deluxe
Foto: Warner Music | Parlophone Records

“Björn Ulveaus uma vez me disse como se sentiu quando o ABBA gravou ‘Mamma Mia’: era como se todo o mundo pop girasse ao em torno deles”, relembra Per Gessle. “As músicas deles eram perfeitas, eles haviam produzido uma série de sucessos, e todos estavam esperando pelo próximo. Mas apesar da pressão, eles nunca acharam que seria difícil conseguir. E é exatamente como me sinto sobre o ‘Joyride’. Eu li uma entrevista com Paul McCartney em que ele dizia que ‘escrever músicas com o John Lennon era apenas um longo passeio’. A música veio com muita facilidade e soube imediatamente que era um sucesso: daria ao álbum um ótimo título, ‘hello, you fool I love you’ foi um bom gancho. Tudo estava lá. Com ‘Joyride’, o álbum inteiro estava pronto”.

Mas na primavera de 1991, a maioria das coisas parecia seguir o caminho do Roxette. A alegre faixa-título subiu nas paradas, dando ao grupo o quarto single número #1 na parada da Billboard HOT 100 dos EUA – estabelecendo um recorde que ainda é válido para atos escandinavos – enquanto singles futuros como Fading Like A Flower, Spending My Time e Church Of Your Heart esperavam nos bastidores. Logo o álbum passou a marca dos 11 milhões em vendas.

Ouça a versão deluxe de Joyride:

 

Matéria produzida por Marcelo de Assis

É jornalista e pesquisador musical. Cobre shows nacionais e internacionais e já entrevistou bastante gente interessante do Brasil e do mundo. Já realizou reportagens musicais na Record TV para o Domingo Espetacular e Jornal da Record. Foi vencedor do Prêmio TopBlog em 2010 e membro do Grammy Latino.

Elderbrook retorna à música com novo single "Body"

Elderbrook retorna à música com novo single “Body”

Cantora Juliana Caetano deixa bumbum à mostra em parque

Cantora Juliana Caetano deixa bumbum à mostra em parque