Connect with us
Seadi lança versão acústica de "Vida de Artista" em homenagem aos profissionais de saúde Seadi lança versão acústica de "Vida de Artista" em homenagem aos profissionais de saúde

POP

Seadi lança versão acústica de “Vida de Artista” em homenagem aos profissionais de saúde

Cantor e compositor revisitou o single com nova roupagem para o mês do trabalho

Divulgação

Published

on

O cantor Seadi dedicou sua versão acústica de Vida de Artista aos profissionais de saúde que enfrentam os riscos e sacrifícios do atual momento da pandemia do coronavírus. A música foi composta por ele em São Paulo, e sua versão original foi lançada em 2019 como um desabafo pelo descaso aos artistas independentes, mas com um toque de positividade, vital para seguir na caminhada.

Seadi lança versão acústica de "Vida de Artista" em homenagem aos profissionais de saúde

 

O novo registro audiovisual de Vida de Artista conta com a participação de vários profissionais de saúde que mostram em seus vídeos produzidos pelo celular, a rotina de viver nessa pandemia, como um “artista” que precisa se virar, se reinventar e encarar os sacrifícios da profissão.

Dr. José Neto – @drjoseneto, reconhecido médico nefrologista de Belo Horizonte, postou uma dedicatória emocionante em seu Instagram sobre sua participação: “Aristóteles iria se orgulhar ao ver a arte imitando a vida…”.

Seadi lança versão acústica de "Vida de Artista" em homenagem aos profissionais de saúde

A versão acústica foi produzida por Thiago Suminsky em Porto Alegre à distância, e traz uma melodia que acalma, enquanto a letra ironicamente fala de falta de dinheiro e da solidão de cantar no chuveiro nossas angústias e tristezas.

“Adorei participar….”, conta a médica infectologista Lilian Zaboto (@lilianzaboto) que está à frente de duas clinicas de vacinação com testes rápidos de covid-19 nas cidades de Alphaville, Barueri e Granja Viana – esta, na região de Cotia (SP). “Vendo as notícias pela TV, a música começou a tocar sozinha na minha cabeça, eu via nos rostos dos médicos o desespero, o descaso das autoridades pela gravidade do momento, mas ao mesmo tempo a garra de continuar”, explicou.

Confira:

As Mais Lidas