in ,

Série “Só Se For Por Amor” da Netflix, busca inspiração na música sertaneja  

Série "Só Se For Por Amor" da Netflix, busca inspiração na música sertaneja  
Foto: Vanessa Bumbeers | Netflix

Dizem que ninguém no mundo sofre por amor como o brasileiro, e o sertanejo sofrência seria a maior prova disso. Não à toa, a nova série nacional da Netflix, Só se for por amor, buscou neste estilo musical a inspiração para contar uma história sobre corações partidos, sonhos, ambição e fama. A produção está em fase final de gravação e tem previsão de estreia para 2022.

Série "Só Se For Por Amor" da Netflix, busca inspiração na música sertaneja  
Foto: Vanessa Bumbeers | Netflix

Ambientado pela canção Todo Mundo Vai Sofrer da cantora Marília Mendonça, o vídeo disponibilizado pela Netflix nesta quinta-feira (4) apresenta nomes como Lucy Alves, Filipe Bragança e a cantora Agnes Nunes, em sua estreia como atriz, além de Gustavo Vaz, Ana Mametto, Micael, Giordano Castro, Adriano Ferreira, Luiza Fittipaldi e Laila Garin.

A trama acontece em Goiás: Deusa (Lucy Alves) e Tadeu (Filipe Bragança) são um casal apaixonado que decide criar uma banda, a Só se for por amor. Mas, assim que começam a fazer sucesso, Deusa recebe uma proposta de carreira solo. Ao seguirem rumos diferentes, a relação deles vai sofrer abalos, ao passo em que o grupo sairá em busca de uma nova vocalista. É quando surge a misteriosa Eva (Agnes Nunes). Também estão no elenco Jeniffer Nascimento, Bruno Fagundes e Clarissa Müller, além da participação especial de Marcélia Cartaxo, Leo Jaime e Solange Almeida.

Produzida pela Coração da Selva para a Netflix, Só se for por amor é dirigida por Ana Luiza Azevedo, Gisele Barroco e Joana Mariani. A produção é de Geórgia Costa Araújo e Luciano Patrick, que é também o criador da série.

Confira:

Matéria produzida por The Music Journal Brazil

Tropkillaz assina com a Virgin Music 

Tropkillaz assina com a Virgin Music 

Caio Pagano apresenta novo álbum inspirado em Bach, Mozart e Beethoven 

Caio Pagano apresenta novo álbum inspirado em Bach, Mozart e Beethoven