Connect with us

A rede de hotéis Ibis inicia junto à Sony Music, um projeto intimista, ao mesmo tempo, rodando globalmente, em hotéis de 17 países, para “transformar a experiência do que os visitantes conhecem por hospitalidade”.

Intitulado Íbis Music, um programa global da marca de hoteis do Grupo Accor, proporcionará experiências de música ao vivo nos hotéis ibis em todo o mundo. Essa foi a missão que ambas as empresas abraçaram para desenvolver projetos únicos, que fizessem sentido para cada região. No Brasil, a vertical de Business Development (BD) da gravadora é a responsável por mostrar uma referência de identidade, que tenha fit com o país.

O cantor Lucas Lucco foi escolhido como embaixador do evento no Brasil e já realizou dois pockets shows.

O programa teve início com um concurso que tem 87 artistas independentes, em 44 shows exclusivos que serão realizados em 17 países. Deste total, sete artistas serão selecionados para uma grande final no Festival Sziget 2019, que será realizado em agosto, na Hungria.

A iniciativa também tem a proposta de estimular novos cantores, abrindo espaço para que se apresentem, além de uma sessão de mentoria com o artista do projeto, com dicas e relatos da sua carreira.

“Novos negócios surgem o tempo todo para a música, a grande questão é saber como aproveitá-los e fazer disso uma oportunidade real para artistas e marcas, no timing certo”, disse Wilson Lannes, vice-presidente da Sony Music Brasil. “Aqui na Sony, em BD, temos um trabalho consistente em duas frentes principais: Live, que atua especificamente na produção de eventos ao vivo, sejam grandes ou pocket shows e Brands, com total foco em desenvolver projetos sob medida para os clientes, com o olhar cuidadoso e profundo entendimento sobre qual é, realmente, a mensagem que uma marca quer passar e como é a melhor forma de fazer isso, atingindo seu público. O ibis Music foi um exemplo de sucesso da junção desses dois pilares – os shows reuniram cerca de 200 pessoas e tiveram seus ingressos esgotados em poucos minutos”, concluiu.

Para o Ibis, a iniciativa vem para reforçar seu compromisso de oferecer uma experiência única e diferenciada para seu público: “Ibis é uma marca pioneira na hotelaria e, desde então, é reconhecida por entregar em suas mais de 1.150 unidades em todo o mundo o conforto de um porto seguro. Temos muito orgulho do que construímos, mas agora vamos além. E essa parceria com a Sony Music demonstra isso, pois, também por meio da música, estamos imergindo a marca em um universo mais flexível, vibrante, aberto e moderno”, finaliza a vice-presidente de Marketing da Accor América do Sul, Roberta Vernaglia.

A área de Business Development da Sony Music Brasil foi criada em 2009 com a missão de desenvolver um novo modelo de negócios para a companhia. A área entrega projetos especiais de ponta a ponta, por meio de uma gama de serviços completos, sob as verticais Brands e Live. Com produtos, como, grandes shows, campanhas publicitárias, licenciamentos, entre outros, o objetivo é, sempre, associar artistas às marcas e ao seu público.

MERCADO

Festival GRLS! será lançado para celebrar o papel da mulher na música

Com curadoria da Popload, o evento produzido pela Time For Fun acontece no Memorial da América Latina, nos
dias 7 e 8 de março

Published

on

Festival GRLS! será lançado para celebrar o papel da mulher na música
Divulgação | T4F

A produtora Time For Fun anunciou nesta quarta-feira (11) o novo festival GRLS!, que pretende reconhecer, valorizar, transformar e celebrar o papel das mulheres na cultura. O evento, que acontece nos dias 7 e 8 de março no Memorial da América Latina, tem curadoria da Popload e irá mesclar palestras, oficinas, rodas de conversa e muita música! Tudo feito, composto e estrelado por elas, mas destinado a todes*.

Festival GRLS! será lançado para celebrar o papel da mulher na música

As informações sobre as datas de venda de ingressos e lineup de GRLS! serão divulgadas em breve. O público poderá adquirir ingressos separadamente somente para palestras e workshops, somente para os shows ou para ambos.

“Pensamos em um festival feito por mulheres e não-binários, mas que crie uma discussão para todos os gêneros”, afirma Paola Wescher, diretora artística da T4F e sócia da Popload. “Queremos fazer pensar, refletir e também conectar todas as pessoas. A mulher sempre tem que se esforçar mais, se impor mais e conquistar mais para ser respeitada. Temos muitas mulheres fortes em todos os setores da indústria da música, tanto no palco como atrás dele, fazendo tudo acontecer. Queremos amplificar essas vozes e ser um marco neste sentido. Celebrar tudo o que já foi conquistado e abrir caminho para o que ainda precisamos melhorar, criar e conquistar”, concluiu.

Para inserir o público na essência de GRLS!, até os dias do festival, serão produzidos podcasts pela Popload Radio e matérias exclusivas sobre as artistas e as ativações em um portal feito especialmente para GRLS!.

*todes: para promover uma inclusão na linguagem de GRLS!, a palavra “todes” será utilizada para se referir ao público de forma a respeitar a diversidade das identidades.

Estatísticas

GRLS! entende que há questões muito importantes a serem discutidas e questionadas na indústria musical e do entretenimento. Apesar da sensação de que as mulheres vêm conquistando um espaço bem mais significativo, os números mostram que ainda há muitos desafios pela frente.

Em eventos e festivais de música, 87% das escalações são compostas por homens. Neste cenário, os cachês das artistas mulheres são 28% menores que os dos homens, uma diferença que aumenta com a idade. Os levantamentos foram feitos pela BBC Reality Check e União Brasileira de Compositores.

A desigualdade vai além da esfera dos eventos. Da composição à produção, o ambiente musical é dominado por eles: oportunidades, premiações, facilidade de ascensão, aceitação e até de reconhecimento.

Em 2018, 83% dos artistas mais populares da música foram homens, e apenas 12% das 600 músicas mais populares do mundo foram feitas por mulheres. De acordo com dados publicados pela Official Charts Company. E quando pensamos em produtores, a disparidade é ainda mais chocante: a proporção de produtores homens para mulheres nas 400 músicas mais populares de 2018 foi de 47 homens para 1 mulher.

Segundo dados da União Brasileira de Compositores, no Brasil os homens ainda detêm 90% do valor total distribuído e as mulheres ganham em média 28% a menos. Em 2017, entre os 100 artistas que mais faturaram apenas 17 eram mulheres.

Uma campanha internacional iniciada pela PRS Foundation (fundação inglesa que apoia e financia novos talentos musicais pelo Reino Unido) desafiou festivais do mundo todo a igualarem suas escalações em 50/50 até 2022.

Até o momento, 45 festivais já toparam o desafio. E em 2019, o espanhol Primavera Sound se tornou o primeiro grande festival a cumprir a promessa.

Continue Reading

MERCADO

Brasileiros procuram Réveillon em Portugal

Convento do Espinheiro, histórico hotel 5 estrelas, prepara noite com jantar de gala, música e fogos de artifício

Published

on

Brasileiros procuram Réveillon em Portugal
Divulgação

Se Portugal passou a ser a segunda casa dos brasileiros, por que não pensar em um Réveillon com o melhor do Alentejo? O Convento do Espinheiro, Historic Hotel & Spa preparou um ano novo temático, onde homenageia Havana, a capital Cubana. Música, alta gastronomia e conforto são os requisitos indispensáveis na festa do antigo Mosteiro, em Évora.

Brasileiros procuram Réveillon em Portugal

No dia 31, a programação começa às 19h30 com um coquetel, seguido de um jantar de gala. Com DJs, decoração estilo cubano e fogos de artifício, o Convento do Espinheiro dá às boas-vindas a 2020.

Além de usufruir desta experiência única, para toda a família e amigos, o Convento do Espinheiro ainda oferece vouchers para estadias, degustação de requintados menus gourmet ou momentos de absoluta tranquilidade no Spa.

O antigo Mosteiro do século XV é considerado Monumento Nacional e já se tornou rota de turistas dos quatro cantos do mundo, que passam por Évora, e não deixam de conhecer a história e lendas do local.

Continue Reading

MERCADO

Sony Music comercializará produtos dos Beatles nos EUA

A The Thread Shop, braço de merchandising da gravadora, produzirá produtos para a lendária banda britânica nos EUA

Published

on

Sony Music comercializará produtos dos Beatles nos EUA
Divulgação

A The Thread Shop, a agência de merchandising da Sony Music Entertainment, assinou um novo acordo para produzir produtos dos Beatles na América do Norte. As informações são da Billboard.

A nova parceria da The Thread Shop com a Apple Corps Ltd. – criada em 1968 para supervisionar os interesses comerciais e criativo dos Beatles – incluirá novas oportunidades de mercadorias, licenciamento, varejo e comércio eletrônico em toda a América do Norte. A primeira parte do novo negócio focará em roupas, brinquedos, toca-discos e até uma máquina de fliperama, que estará disponível em uma loja em Nova York entre os dias 11 e 22 de dezembro.

Sony Music comercializará produtos dos Beatles nos EUA

“Mais de meio século após o inicio da Beatlemania nos EUA, os Beatles continuam sendo uma força cultural incomparável em nossa sociedade”, disse Richard Story, presidente do braço comercial da Sony Music Entertainment. “Suas realizações revolucionárias continuam a inspirar artistas e pensadores através das fronteiras, culturas e gerações. Estamos tremendamente honrados por terem confiado à The Thread Shop sua marca icônica e esperamos compartilhar sua visão extraordinária com os fãs”, disse em comunicado.

Para o novo desafio, a Thread Shop contará com Joe Marziotto, que será vice-presidente de licenciamento e marketing e que já atuou anteriormente como vice-presidente de marketing da Bravado, braço de marketing da Universal Music, além de cuidar do licenciamento de mercadorias dos Beatles para a Live Nation.

A Thread Shop já trabalha com outros nomes icônicos da música como Bob Dylan, Led Zeppelin, Camila Cabello, Lil Nas X, entre outros.

Continue Reading

As Mais Lidas