Connect with us
Streaming impulsiona indústria musical nos EUA, que atinge US$ 11 bilhões em 2019  Streaming impulsiona indústria musical nos EUA, que atinge US$ 11 bilhões em 2019 

MERCADO

Streaming impulsiona indústria musical nos EUA, que atinge US$ 11 bilhões em 2019 

RIAA também observa aumento de 29% no número de assinantes em plataformas digitais

Divulgação

Published

on

Os novos dados da RIAA (Recording Industry Association of America) com base em 2019, mostram uma importante crescente na adesão aos serviços de streaming. Eles foram responsáveis por 79% de tudo o que a indústria musical norte-americana arrecadou em 2019, totalizando uma receita de US$ 11,1 bilhões, um aumento de 13% em relação a 2018, quando os relatórios da instituição resultavam em US$ 9,8 bilhões.

Esses números representam a consolidação do streaming como fator determinante na arrecadação do mercado nos EUA, pois é o quarto ano consecutivo de crescimento de dois dígitos para o setor e uma taxa de crescimento mais rápida em relação a 2018, quando o aumento foi de 11,9% em relação ao ano anterior.

Streaming impulsiona indústria musical nos EUA, que atinge US$ 11 bilhões em 2019 

Os ganhos contínuos em streaming cresceram 19,9% em 2019 resultando em uma receita de US$ 8,8 bilhões. Para se ter uma ideia, em 2018, a receita computada resultou em US$ 7,4 bilhões. O resultado atual significa que, as receitas de streaming são responsáveis por 79,5% de toda a indústria norte-americana. Em resumo: esta é a primeira vez que o streaming ultrapassou 3/4 de toda a receita do negócio.

“Esses tipos de serviços transmitiram mais de 500 bilhões de músicas para mais de 100 milhões de ouvintes nos Estados Unidos, mas contribuíram com apenas 8% para a receita total de música no ano”, observa a RIAA.

 

 

E por falar em streaming, a RIAA identificou que as assinaturas pagas representaram US$ 6,8 bilhões, o que significa um aumento de 25% em relação a 2018 e 61% da receita total. É uma marca de grande relevância no negócio, observando que este montante financeiro é maior do que o total gerado com música gravada nos EUA nos anos de 2014 e 2015 – períodos em que se atingiu US$ 6,7 bilhões.

Assinaturas como as da Amazon Prime e Pandora Plus, que não oferecem acesso ilimitado sob demanda de catálogo completo, representaram US$ 829 milhões do total em 2019.

Os anúncios em plataformas de streaming têm sido um bom negócio para essas empresas, pois o relatório da RIAA identificou um importante aumento de 20% em relação a 2018. Contudo, esse up representou apenas US$ 908 milhões em receita.

“Esses tipos de serviços transmitiram mais de 500 bilhões de músicas para mais de 100 milhões de ouvintes nos Estados Unidos, mas contribuíram com apenas 8% para a receita total de música no ano”, observa o relatório da RIAA.

Quedas nas receitas de download digital e CD e aumento no formato vinil

Se o negócio do streaming “vai indo muito bem, obrigado”, já não é mais o caso do download digital, por exemplo. Este modelo de negócio enfrenta sua primeira grande baixa, pois desde 2006, sua receita ficou abaixo de US$ 1 bilhão, uma queda de 18%, resultando em US$ 856 milhões. Os downloads de álbuns também caíram em 21%.

Resumo da ópera: de toda a receita da indústria musical norte-americana, esses formatos, download de faixas e download de álbuns, representam apenas 3,6% e 3,7% do negócio, respectivamente. A venda de CD’s continua em queda se comparada aos relatórios de 2018: 12%, um total de 52 milhões de cópias vendidas, representando 5,5% da receita total. Já o formato vinil, registra seu retorno triunfante, com um aumento de 19% em sua receita, gerando US$ 504 milhõesa maior receita do formato desde 1988.

É jornalista e pesquisador musical. Cobre shows nacionais e internacionais e já entrevistou bastante gente interessante do Brasil e do mundo. Foi vencedor do Prêmio TopBlog Brasil em 2010 na categoria "Música"e foi membro do Grammy Latino.

MERCADO

Deezer oferece plano gratuito para a quarentena do coronavírus

Published

on

Deezer oferece plano gratuito para a quarentena do coronavírus
Divulgação

A plataforma Deezer lançou nesta sexta-feira (27) uma campanha global que oferece três meses de gratuidade para os planos Premium, Family, Student e Hi-Fi com ativação até 30 de abril. E para trazer conteúdo dedicado lançou um canal especial Vida em Casa. Dentro dos planos os usuários têm acesso a mais de 56 milhões de músicas e milhares de podcasts e estações de rádio com o benefício de ouvir offline e sem propaganda.

Deezer oferece plano gratuito para a quarentena do coronavírus

Canal Vida em Casa

No ar desde a última semana, o canal Vida em casa está repleto de playlists, podcasts e estações de rádio com curadoria feita por editores apaixonados por música para ajudar todos a encontrarem o melhor entretenimento de áudio e se distraírem.

Em música, a sessão Como é bom estar em casa apresenta playlists como a Home office, que promete ajudar as pessoas que estão em isolamento a manterem o foco. Ainda dentro da sessão, Soul Coffee serve de conforto durante as pausas do dia, e EDM para malhar traz bastante energia para os exercícios dentro de casa.

As crianças também não ficaram de fora: a sessão Para animar as crianças conta com playlists como Festa das crianças e Mundo Disney, que foram adicionadas para que pais e mães tenham a arte para distrair seus filhos em segurança.

Nos podcasts, ao navegarem pelo botão Shows, os destaques vão para as sessões Para rir do sofá, Mantenha-se informado, e Porta Fechada e Mente Aberta para ajudar a lidar com a situação mental em meio à tantas novidades e informações, além de outras editorias com diversos conteúdos.

Continue Reading

MERCADO

Renato Russo faria 60 anos hoje. Ouça “Tempo Perdido”

Published

on

Renato Russo faria 60 anos hoje. Ouça "Tempo Perdido"
Divulgação

Nesta sexta-feira (27) o saudoso cantor e compositor Renato Russo faria 60 anos. E de acordo com o Escritório Central de Arrecadação e Distribuição, o ECAD, a canção Tempo Perdido, grande sucesso do Legião Urbana, foi a música mais tocada entre 2015 e 2019.

Renato Russo é autor de 154 músicas, com 309 canção gravadas.

Renato Russo faria 60 anos hoje. Ouça "Tempo Perdido"

Além disso, ele foi já foi regravado por 757 outros grandes nomes da nossa música como Leila Pinheiro e Cássia Eller.

“A maior parte dos seus rendimentos em direito autorais vem dos segmentos de shows, rádios e música ao vivo, que correspondem a 80% do arrecadado”, diz o ECAD.

Confira as 10 músicas mais tocadas de autoria de Renato Russo:

1. Tempo Perdido
2. Será
3. Pais E Filhos
4. Por Enquanto
5. Quase Sem Querer
6. Que País É Este?
7. Eu Sei
8. Eduardo e Mônica
9. Ainda É Cedo
10. Música Urbana

Continue Reading

MERCADO

Spotify lança projeto para reduzir efeitos do coronavírus

Published

on

Spotify lança projeto para reduzir efeitos do coronavírus
Divulgação

Com informações do Spotify Brasil

Desde o início da pandemia do coronavírus, o Spotify se juntou a parceiros de toda a indústria para discutir formas de apoiar artistas e a comunidade criativa que foram profundamente afetados pelos efeitos do vírus. Embora o streaming continue a desempenhar um papel fundamental na conexão dos criadores com seus fãs, várias outras fontes de receita foram interrompidas ou até mesmo canceladas por essa crise.

Spotify lança projeto para reduzir efeitos do coronavírus

Hoje lançamos o projeto Spotify covid-19 Music Relief, que recomenda ONG’s verificadas que oferecem alívio financeiro para as pessoas da comunidade musical mais necessitadas do mundo.

Para começar, fizemos parceria com MusiCares, PRS Foundation e Help Musicians, e esperamos adicionar mais parceiros em todo o mundo. O Spotify está fazendo uma doação para essas organizações e direcionará o valor total das doações feitas na página Spotify COVID-19 Music Relief, até atingir uma contribuição total do Spotify de US$ 10 milhões.

Para quem estiver interessado em saber mais sobre como realizar sua contribuição, visite o site do projeto. Caso seja um profissional da indústria da música, recomendamos que você visite os sites de nossos parceiros para obter informações sobre como solicitar ajuda.

Continue Reading

As Mais Lidas