Connect with us
The Beatles: "Abbey Road" é o vinil mais vendido dos anos 2010  The Beatles: "Abbey Road" é o vinil mais vendido dos anos 2010 

MERCADO

The Beatles: “Abbey Road” é o vinil mais vendido dos anos 2010 

Após 50 anos de seu lançamento, o apelo comercial e artístico do célebre álbum dos Fab Four resiste ao tempo

Divulgação

Published

on

De acordo com os dados da Nielsen Music, o álbum Abbey Road dos Beatles, que recentemente completou 50 anos do seu lançamento, foi considerado o disco de vinil mais vendido da década de 2010.

The Beatles: "Abbey Road" é o vinil mais vendido dos anos 2010 

Este longevo formato, que há pouco tempo chegou ao impressionante número de 1 milhão de álbuns vendidos nos EUA, mostra que ainda pode impactar (e muito) na indústria fonográfica. Com Abbey Road liderando uma década inteira, também o torna muito representativo para as novas gerações.

A década de 2010 cumpriu o papel de ser promissora para as vendas de discos de vinil, impulsionada pelo sucesso de vendas de nomes clássicos da música, como Pink Floyd, Fleetwood Mac e Miles Davis. Outros nomes mais recentes como o de Lana Del Rey e a saudosa Amy Winehouse apresentaram boas performances de vendas. Muito se deve ao excelente marketing que o Record Store Day realiza junta às grandes gravadoras e outras independentes. Muitos títulos consagrados são relançados em edições especiais, o que atrai o desejo de muitos fãs, a maior parte deles, jovens.

Pode colocar na conta, edições históricas como as de Bob Marley com Legend e Thriller de Michael Jackson, que continuam vendendo muito.

Também não podemos esquecer que 2019 foi o ano do Queen: o sucesso da cinebiografia Bohemian Rhapsody alavancou de imediato as vendas de álbuns em vinil da coletânea Greatest Hits e a trilha sonora do filme.

Confira os álbuns mais vendidos da década e os mais vendidos em 2019:

Os álbuns em vinil mais vendidos da década de 2010:

1. Beatles: Abbey Road (558 mil cópias)
2. Pink Floyd: Dark Side Of The Moon (376 mil cópias)
3. Various Artists: Guardians of the Galaxy OST (367 mil cópias)
4. Bob Marley & the Wailers: Legend (364 mil cópias)
5. Amy Winehouse: Back to Black (351mil cópias)
6. Michael Jackson: Thriller (334 mil cópias)
7. Beatles: Sgt Pepper’s Lonely Hearts Club Band (313 mil cópias)
8. Fleetwood Mac: Rumours (304 mil cópias)
9. Miles Davis: Kind of Blue (286 mil cópias)
10. Lana Del Rey: Born to Die (283 mil cópias)

Os álbuns em vinil mais vendidos em 2019:

1. The Beatles Abbey Road (246 mil cópias)
2. Billie EilishWhen We All Fall Asleep, Where Do We Go? (176 mil cópias)
3. Queen Greatest Hits 1 (139 mil cópias)
4. Guardians of the Galaxy Awesome Mix Vol 1 (123 mil cópias)
5. QueenBohemian Rhapsody (Original Soundtrack) (108 mil cópias)
6. The Beach BoysSounds of Summer: Very Best Of (107 mil cópias)
7. Pink FloydDark Side of the Moon (92 mil cópias)
8. Michael JacksonThriller (88 mil cópias)
9. Bob Marley & The Wailers Legend (84 mil cópias)
10. Fleetwood Mac Rumors (78 mil cópias)

MERCADO

Spotify Awards: Universal Music tem 56 indicações ao prêmio 

Os vencedores serão anunciados em uma cerimônia que acontecerá na Cidade do México no dia 5 de março

Published

on

Spotify Awards: Universal Music tem 56 indicações ao prêmio 
Divulgação

O Spotify acaba de anunciar os finalistas da primeira premiação promovida por eles. Com um formato inovador, o Spotify Awards reconhecerá os vencedores de cada uma das mais de 50 categorias, com base em dados gerados pelos usuários da plataforma, tendo como referência os números produzidos pelos usuários do México.

Spotify Awards: Universal Music tem 56 indicações ao prêmio 

No próximo dia 5 de março, os vencedores serão anunciados em uma cerimônia que acontecerá na Cidade do México. O evento será transmitido online por meio das redes sociais da emissora de TV mexicana Telemundo, que fará a cobertura do evento desde o tapete verde, que faz alusão à cor da marca.

Dentre os indicados, destacam-se os artistas do cast da Universal Music, que somaram 56 indicações ao prêmio. O cantor latino J Balvin chegará à festa com 10 indicações, incluindo as principais categorias, como Artista Spotify do Ano, Artista Mais Escutado e Artista Mais Adicionado a Playlists. Logo atrás dele está Daddy Yankee, cujo nome aparece nove vezes na lista. Além de concorrer com Balvin em categorias como Artista do Ano, Artista Mais Escutado e Artista Mais Compartilhado, Yankee também é finalista ao prêmio de Canção Mais Escutada, além de outras categorias.

A colombiana Karol G concorre em seis categorias no Spotify Awards, incluindo a de Artista Mais Escutada, Artista de Pop Urbano Mais Escutada, Canção Para Segundas-Feiras, pela faixa Tusa. Nas categorias que analisam as preferências com base na faixa etária do público, Karol G está entre as preferidas entre todas as idades.

Billie Eilish recebeu quatro indicações ao prêmio. Além de ser a preferida do público mais jovem (entre 13-17 e 18-29 anos), a norte-americana concorre aos títulos de Artista Mais Escutada e Artista Mais Escutada em Consoles.

Ariana Grande e Glória Trevi receberam três nomeações cada. Assim como Billie Eilish, Ariana mostrou ser mais popular entre os mais jovens, concorrendo a artista mais escutada entre o público de 13-17 e de 18-29, além de estar indicada a Artista Mais Escutada. Já Glória Trevi faz mais sucesso entre o público com idade mais avançada. Ela concorre à preferida pelos usuários entre 39-44 anos e também pelos que têm mais de 45. A mexicana também é finalista na categoria Artista Pop Mais Escutada.

O rapper Post Malone teve duas de suas músicas indicadas ao Spotify Awards na categoria Canção Mais Escutada do Dia do Grito de Independência, as faixas Circles e Saint-Tropez. A cantora Danna Paola, que está entre os nomes que apresentarão a cerimônia, concorre ao prêmio de Artista Feminina Com Maior Crescimento em Número de Fãs. Além dela, o grupo mexicano Café Tacvba e o cantor Ed Maverick disputam na categoria Artista de Rock em Espanhol Mais Escutado. O porto-riquenho Guaynaa foi indicado a Artista Masculino Com Maior Crescimento em Número de Fãs e a cantora Clairo concorre ao título de Artista Mais Escutada em Consoles.

O rapper iann dior concorre a Artista Radar de Trap em Espanhol, DJ Snake e Martin Garrix a Artista de EDM Mais Escutado, Ellie Goulding também está entre os finalistas a Artista de EDM Mais Escutada, Alejandro Sanz e Morat concorrem a Artista Pop Mais Escutado, Mon Laferte está na disputa pelo prêmio de Artista Pop Mais Escutada, Sebastián Yatra pode voltar para casa levando como Artista de Pop Urbano Mais Escutado, enquanto a Imagine Dragons está no páreo para levar o prêmio de Banda de Rock Contemporâneo Mais Escutada.

Lady Gaga disputa na categoria Artista Mais Adicionado a Playlists de Temática LGBTQ+, Shawn Mendes também concorre a Canção Para Segundas-Feiras, pela faixa In My Blood.

Continue Reading

MERCADO

Boogie Naipe anuncia novo selo Labbel Records com foco em trap 

Nova marca nasce investindo nos talentos do estilo e profissionalizando o segmento musical em forte expansão

Published

on

Boogie Naipe anuncia novo selo Labbel Records com foco em trap 
Divulgação

Labbel Records é o novo selo voltado ao rap, que tem como intuito mapear e direcionar a carreira de novos talentos da música, funcionando como uma gestora e aceleradora de artistas, profissionalizando o setor e contribuindo para o crescimento do segmento. As informações são da ONErpm.

Boogie Naipe anuncia novo selo Labbel Records com foco em trap 

Segundo Kaire Jorge, sócio da Boogie Naipe, “A Labbel nasceu dentro da produtora e surgiu da necessidade de ser uma nova forma de comunicação da empresa com esse novo público. Saber falar e atender o consumidor jovem é um dos nossos objetivos com a Labbel. Muitos curtem Racionais, mas também consomem muito o trap e a estética de roupa, comportamento, música que o gênero agrega. Mesmo que sejam parecidos e até se cruzem, são grupos de pessoas diferentes e entender isso é muito importante, pois o trap é uma das vertentes do rap”, disse.

Yunk Vino é o primeiro artista contratado pela Labbel e que já soma cerca de 118 mil ouvintes mensais no Spotify e mais de 4 milhões de visualizações em seu canal do YouTube.

Continue Reading

MERCADO

Spotify anuncia página de compositores na plataforma

Iniciativa ajuda fãs, , colaboradores e parceiros do setor a se aprofundarem em alguns dos criadores
por trás de suas músicas favoritas

Published

on

Spotify anuncia página de compositores na plataforma
Divulgação

O Spotify está lançando uma versão beta das páginas dos compositores, uma nova maneira de compartilhar as músicas que o artista escreveu e ser descoberto por possíveis colaboradores e fãs.

Desde que a plataforma começou a exibir publicamente os créditos das músicas em 2018, observou-se um aumento de 60% na frequência com que as gravadoras e distribuidoras criam compositores em seus novos lançamentos – permitindo que artistas e fãs se aprofundem e reconheçam seu trabalho.

De fato, esta medida traz mais autenticidade aos trabalhos dos artistas, haja visto que, desde a época dos LP´s, o consumidor tinha acesso aos dados de ficha técnica de cada obra, o que parece ter sido esquecido, até então, nos novos formatos digitais.

Spotify anuncia página de compositores na plataforma

“Gravadoras, editores, supervisores musicais e artistas de todos os níveis da indústria nos dizem que estão constantemente vasculhando os créditos das músicas do Spotify. Quando os compositores incluídos na versão beta são creditados em uma faixa, os ouvintes podem clicar no nome dos compositores para visualizar uma página que mostra as músicas que eles escreveram”, diz o comunicado da empresa.

Se o compositor estiver incluído na versão beta, sua página exibirá uma lista das músicas que escreveu e de seus colaboradores artistas mais frequentes. O compositor pode compartilhar um link para sua página nas mídias sociais ou em seu próprio site para que qualquer pessoa possa conferir essas músicas, sejam eles usuários do Spotify ou não.

“Queremos que colaboradores e fãs não apenas vejam todas as músicas dos compositores, mas também ouçam. É por isso que cada página de compositor apresenta uma nova playlist “Escrita por” das suas músicas. Os ouvintes do Spotify podem descobrir essas playlists através de pesquisa e segui-las também”, diz o Spotify.

Os primeiros artistas que terão suas páginas de compositores são: Meghan Trainor, Fraser T Smith, Missy Elliott, Teddy Geiger, Ben Billions e Justin Tranter, entre muitos outros.

Na versão beta, essas páginas são ativadas pelos editores e pelo Spotify em parceria com compositores. O usuário pode expressar seu interesse por meio deste formulário e o Spotify entrará em contato com mais informações.

“O Spotify está sempre trabalhando para criar novas e melhores maneiras de promover a descoberta de músicas – para artistas, músicas e, cada vez mais, para compositores”, disse Jules Parker, diretora de relações editoriais e de compositores do Spotify. “O lançamento de créditos de compositores publicamente visíveis no Spotify em 2018 foi apenas um primeiro passo. Juntamente com o setor editorial, continuamos a desenvolver nossos esforços de compartilhamento de dados e análise e estamos orgulhosos de apresentar a próxima interação. Clicando nos créditos levaremos os usuários a páginas dedicadas a compositores – fornecendo um lar para o trabalho de um compositor – e apresentando aos ouvintes playlists “Escrita Por”, uma nova série dedicada a compositores. Estamos animados para ver como o mundo interage com esses novos recursos e esperamos habilitá-los para mais e mais compositores”, concluiu.

Continue Reading

As Mais Lidas