Connect with us

De acordo com uma publicação da Forbes, a dupla The Chainsmokers lidera a lista dos 10 nomes mais ricos da música eletrônica. Eles acumularam US$ 46 milhões em faturamento no ano de 2018. A dupla formada por Drew Taggart e Alex Pall destronou Calvin Harris após seis anos consecutivos no 1º lugar.

Ainda de acordo com a publicação, a base fundamental para o crescimento de receitas da dupla se deu “a uma infinidade de festivais e shows particulares, conquistando quantias médias de seis digitos por noite”. Parte desse montante também se deve a venda de álbuns, singles e a residência que eles mantêm no Wynn Nightlife que foi estendida até 2021.

“Trabalhamos com artistas porque faz sentido, porque estamos entusiasmados com eles”, explicou Pall à Forbes em 2017. “Sempre que trabalhamos com álbum, é porque nos oferecem algo criativo que nos inspira”.

Os 15 principais artistas registraram ganhos de US$ 358 milhões nos últimos 12 meses. Se analisarmos os 10 primeiros desta lista, o cálculo indica US$ 272 milhões e isso já é um aumento significativo com relação a 2018, quando a soma dos ganhos resultou em US$ 260 milhões. Isso também se deve aos ganhos de Marshmello que quase dobrou sua receita neste período.

Confira a lista dos 15 artistas mais ricos da música eletrônica:

1. The Chainsmokers com US$ 46 milhões
2. Marshmello com US$ 40 milhões
3. Calvin Harris com US$ 38,5 milhões
4. Steve Aoki com US$ 30 milhões
5. Diplo com US$ 25 milhões
6. Tiësto com US$ 24 milhões
7. Martin Garrix com US$ 19 milhões
8. David Guetta com US$ 18 milhões
9. Zedd com US$ 17 milhões
10. Armin van Buuren com US$ 15 milhões
11. Kaskade com US$ 14 milhões
12. Skrillex com US$ 13 milhões
13. Alesso com US$ 12,5 milhões
14. Afrojack com US$ 12 milhões
15. DJ Snake com US$ 11,5 milhões
15. DJ Pauly D com US$ 11,5 milhões
15. Dimitri Vegas & Like Mike com US$ 11,5 milhões

É jornalista e pesquisador musical. Cobre shows nacionais e internacionais e já entrevistou bastante gente interessante do Brasil e do mundo. Foi vencedor do Prêmio TopBlog Brasil em 2010 na categoria "Música"e foi membro do Grammy Latino.

ELETRÔNICA

Intelligency celebra a magia da arte das ruas com “August”

Published

on

Intelligency celebra a magia da arte das ruas com "August"
Divulgação

De shows espetaculares feitos nas ruas à conquista da era digital, o grupo multi-gênero da Bielorussia Intelligency está no caminho para escrever uma verdadeira e única história de sucesso internacional. Com August, o hit que vem ganhando mais e mais espaço no Shazam e TikTok, a banda está prestes a conquistar um outro nível de fama. A faixa já está disponível em todas as plataformas digitais pela Warner Music Russia.

Intelligency celebra a magia da arte das ruas com "August"

August está em constante crescimento orgânico desde a estreia online, em julho de 2019. A mistura única de batidas e melancolia se tornou um sucesso mundial – a faixa já alcançou o 22º lugar no Shazam global – e se tornou uma das músicas mais populares do TikTok em março. Apenas na Rússia, a faixa alcançou o primeiro lugar no Shazam, quarto lugar entre as músicas mais populares da Apple Music no país e demonstrou ótimos resultados em outros charts locais.

A música está prestes a começar a dominação mundial, provando que experiências musicais ousadas e apaixonadas sempre encontrarão maneiras naturais de obter sucesso.

Intelligency celebra a magia da arte das ruas com "August"

“Nós fazemos música para pessoas que estão cansadas de clichês e formatos previsíveis”, comenta a banda. “Com cada música, nós tentamos capturar esse indescritível espírito jovem rebelde. ‘August’ foi gravada no estúdio que nós mesmos fizemos e foi lançada durante a performance que fizemos na rua. Nós acreditamos que nosso trabalho e esta música em particular tem uma longa jornada ao redor do mundo”, explicou o grupo.

Intelligency mistura techno com rock, jazz e blues, enquanto os últimos lançamentos são uma renovação e cristalização do gênero technoblues, complementado por padrões ritmicos, com dubs adicionais. A banda compõe em inglês, russo, bielorusso e apela para questões existenciais.

Assista ao clipe de August:

Continue Reading

ELETRÔNICA

Alok é premiado pela Dance Music Awards com “Piece of Your Heart”

Published

on

Alok é premiado pela Dance Music Awards com "Piece of Your Heart"
Divulgação

O DJ Alok foi premiado pela International Dance Music Awards, um dos prêmios mais importantes da música eletrônica, na categoria Melhor Remix para o single Piece of Your Heart, de Goodboys e Meduza. A faixa também recebeu o prêmio de Melhor Canção Dance.

Alok é premiado pela Dance Music Awards com "Piece of Your Heart"

“Sempre soube do potencial do remix, mas não que chegaria tão longe”, disse Alok. “Fiquei bem feliz e lisongeado pelo reconhecimento. Agradeço de coração”, concluiu.

Alok, que está em quarentena do coronavírus, deve lançar mais duas faixas novas em abril.

Os artistas que foram premiados pelo International Dance Music Awards foram anunciados nas redes da Winter Conference Music, que é realizado todos os anos em Miami (EUA), mas em decorrência da pandemia, a cerimônia de premiação foi cancelada.

Continue Reading

ELETRÔNICA

Zeeba lança “Reset”, trabalho integralmente autoral

Published

on

Zeeba lança "Reset", trabalho integralmente autoral
Divulgação

Com a quantidade de hits para os quais já emprestou sua voz, Zeeba poderia colocá-los todos em uma mala e viajar o mundo cerca de 17 vezes, em apresentações pelos 195 países. Mesmo assim, o artista preferiu voltar às suas origens e ao propósito que o fez se tornar músico.

Assim, o cantor e compositor decidiu apertar o reset e começar uma nova fase, com a estreia deste projeto de nove faixas que, não por acaso, foi batizado de Zeeba – Reset, que já está disponível em todas as plataformas digitais pela BMG com distribuição pela Warner Music.

Zeeba lança "Reset", trabalho integralmente autoral

As primeiras oito faixas que compõe o EP foram registradas no formato acústico, todas elas, obras assinadas por Zeeba. Ao final, uma surpresa: Tudo Que Importa, atual música de trabalho e primeira composição do artista em português. Uma balada linda, no mesmo tom das anteriores, mas, com um acento leve das influências da nova MPB, que não esconde o flerte do artistas com os gêneros que ele mais aprecia.

Ouça:

Continue Reading

As Mais Lidas