Connect with us
Titãs assina contrato artístico com a BMG e anuncia novo álbum  Titãs assina contrato artístico com a BMG e anuncia novo álbum 

MERCADO

Titãs assina contrato artístico com a BMG e anuncia novo álbum 

Nova parceria inicia com “Titãs Trio Acústico”

Divulgação

Published

on

A banda Titãs assinou com a gravadora BMG Brasil. Para dar o pontapé inicial, o grupo lançará um projeto acústico com 25 faixas, dividido em 3 EP’s. O primeiro trabalho sai na primeira semana de março.

Titãs assina contrato artístico com a BMG e anuncia novo álbum 

“Prestes a comemorar 40 anos de carreira, já estamos em estúdio gravando nosso álbum Titãs Trio Acústico, iniciando parceria com a BMG”, adianta Branco Mello.

Colecionando sucessos ao longo da carreira, como as canções Epitáfio, Flores, Sonífera Ilha, Pra Dizer Adeus e muitas outras, o grupo paulistano segue na estrada com a turnê Titãs Trio Acústico, que celebra o título mais vendido da discografia da banda, o álbum Acústico MTV (1997).

Paralelamente ao formato acústico, os Titãs apresentam o show elétrico, que reúne os grandes sucessos e algumas músicas da ópera-rock Doze Flores Amarelas (2018).

“Esse registro é muito especial para nós. Começamos a fazer os shows nesse formato, o Trio Acústico, despretensiosamente, e ele foi ganhando consistência a cada apresentação. A partir de um certo momento os próprios fãs passaram a pedir que gravássemos. A parceria com a BMG veio em ótima hora”, afirma Sérgio Britto.

Tony Bellotto também comenta a parceira: “Estamos entusiasmados! Com a BMG, inauguramos uma nova fase na nossa carreira, em que artista e gravadora colaboram de forma mais eficiente e adequada às transformações do mercado e das maneiras de se consumir música”.

Jasmina Zammit, Gerente Geral da BMG, diz: “Os Titãs é uma das bandas de rock de maior sucesso nas últimas décadas no Brasil e ainda toca gerações com sua música. Estamos muito felizes por eles terem decidido entrar numa parceria com a BMG para seus próximos projetos”.

BMG é um novo modelo de empresa musical fundada em 2008 pela Bertelsmann, companhia internacional que engloba negócios em mídia, serviços e educação, como uma resposta direta aos constantes desafios da revolução digital do mercado da música. A chave para a sua abordagem inovadora é sua forma de representar os direitos de edição e gravação de música na mesma plataforma internacional.

A Bertelsmann Music Group já é a quarta maior editora de música do mundo e o primeiro novo player global no ramo de gravações em décadas. No Brasil, ela representa os direitos autorais de catálogos como Workshow e compositores como Tropkillaz, Felipe Araújo, Paula Mattos, Haikaiss, entre outros.

Na parte da gravadora, a empresa sediada em São Paulo, representa Fresno, Ego Kill Talent, Sepultura, Zeeba e, agora, Titãs.

MERCADO

Marília Mendonça inova em live que terá ação inédita de apoio aos microempreendedores

Published

on

Marília Mendonça inova em live que terá ação inédita de apoio aos microempreendedores
Divulgação

Em iniciativa inédita, a Stone se une à Marília Mendonça para fomentar o pequeno negócio no país e diminuir o impacto econômico nos negócios de pequenos empreendedores durante a quarentena para combate ao coronavírus.

A cantora sertaneja fará um show de casa, transmitido em live no YouTube, para valorizar os produtos e serviços de microempreendedores de todo o Brasil, incentivando seus seguidores a priorizarem as compras em comércios locais. A transmissão será nesta quarta-feira (8), às 20 horas.

Marília Mendonça inova em live que terá ação inédita de apoio aos microempreendedores

A ação dá continuidade ao movimento Compre local, cuide de um pequeno negócio, na qual a Stone já anunciou R$ 30 milhões em iniciativas, como isenção de mensalidade e redução de taxas, além de R$ 100 milhões em microcrédito para os donos de negócios mais atingidos com a crise.

A parceria com a cantora sertaneja busca incentivar o comércio local durante o período de lockdown, por meio de um site que disponibiliza diversas ferramentas para que os empreendedores não parem de vender nesse momento. Entre elas, há ferramenta para cobrança e pagamento, gestão das redes sociais, vouchers para restaurantes que estão com as portas fechadas e gestão de loja virtual.

Alessandra Giner, diretora de marketing da Stone, explica a escolha da Marília Mendonça para a campanha: “A cantora está, desde o início da crise, muito engajada com a causa dos empreendedores cujos negócios estão fechados em diversas cidades do Brasil. Ela começou a divulgar proativamente diversos donos de comércios precisando de ajuda. Muitos deles são os nossos clientes e parceiros de negócios, e sabemos das dificuldades que eles passam ao abrir um negócio no país. Por isso, a parceria com a cantora é uma forma de divulgarmos ainda mais esses negócios”.

A live é anunciada dias após a cantora sertaneja ser questionada pelos fãs nas redes sociais para fazer um show em casa, após outros artistas realizarem lives para animar os seguidores em isolamento social.

Continue Reading

MERCADO

Kenny Rogers: procura por “The Gambler” cresce 5.000%

Published

on

Kenny Rogers: procura por"The Gambler" cresce 5.000%
Divulgação

The Gambler, uma das músicas mais emblemáticas do saudoso Kenny Rogers, chegou a liderar a tabela de vendas de músicas digitais da Billboard depois da morte do artista em 20 de março.

Kenny Rogers: procura por"The Gambler" cresce 5.000%

O single, composição de Don Schlitz, passou três semanas na primeira posição em vários países em 1978 e alcançou a 16ª posição, vendeu 21 mil downloads na semana que terminou em 26 de março, relata a Billboard. Isso foi um aumento de 5.543%.

Este é o primeiro número 1 de Kenny Rogers na parada Digital Song Sales e a música mais antiga no topo da parada que existe há 16 anos. Esse feito também aconteceu com Purple Rain, quando Prince faleceu em 2016.

Continue Reading

MERCADO

Coronavírus: Ecad antecipa R$ 14 milhões em direitos autorais para compositores

Published

on

Coronavírus: Ecad antecipa R$ 14 milhões em direitos autorais para compositores
Divulgação

O Escritório Central de Arrecadação e Distribuição, o Ecad, anunciou nesta terça-feira (7) que antecipará o pagamento de direitos autorais a artistas e compositores de baixa renda. O montante será de R$ 14 milhões.

Coronavírus: Ecad antecipa R$ 14 milhões em direitos autorais para compositores

A medida emergencial acontece em meio à pandemia de coronavírus e seu objetivo é ajudar pelo menos 22 mil profissionais afetados pelos cancelamentos de shows, eventos e fechamentos de casas.

Após o período de quarentena, os valores depositados serão descontados posteriormente.

Serão beneficiados, inicialmente, os profissionais em caráter de pessoa física que não possuem rendimento médio anual entre R$ 500 e R$ 36 mil calculados nos últimos três anos (2017, 2018 e 2019).

“É por entender o momento crítico vivido pela classe artística e expressar solidariedade às dificuldades enfrentadas por todos que a gestão coletiva anuncia esta primeira ação com o intuito de garantir um suporte financeiro para a sobrevivência de elos fundamentais da cadeia produtiva da música”, disse o Ecad através de um comunicado.

Os valores serão descontados após 60 dias do fim do estado de calamidade pública e poderão ser parcelados em até 12 vezes, sem juros.

Continue Reading

As Mais Lidas