Connect with us

O novo single do cantor britânico Sting com o jamaicano Shaggy ganhou um novo remix com a dupla brasileira Tropkillaz. Zegon e Laudz misturam hip hop, trap e baile funk na nova versão para Don’t Make Me Wait.




A faixa já está disponível pela Universal Music nas plataformas digitais. ideia é criar uma fusão musical que valoriza os graves em uma genuína mistura brasileira e jamaicana.

Sting e Shaggy foram apresentados por Martin Kierszenbaum, que é empresário do músico britânico e antigo produtor executivo de Shaggy. Depois que Sting ouviu uma nova faixa em que Shaggy estava trabalhando, eles decidiram entrar no estúdio juntos.

Inicialmente, o plano era gravar apenas Don’t Make Me Wait, mas o trabalho fluiu tão facilmente que os dois tiveram mais ideias e, como resultado, surgiram novas músicas.

Eles trabalharam juntos por algumas semanas em Nova York criando músicas que combinam perfeitamente os ritmos caribenhos – com texturas tradicionais e modernas – com o pop e energia do rock. No estúdio, músicos e compositores jamaicanos e nova iorquinos acompanharam a dupla, incluindo o lendário Robbie Shakespeare do Sly and Robbie, a sensação do danceHall Aidonia, Morgan Heritage, Agent Sasco, outros dois grandes músicos, amigos de longa data de Sting: o célebre saxofonista Brandford Marsalis, que já trabalhou em alguns álbuns de Sting e fez parte do grupo espetacular com quem o cantor britânico excursionou em sua primeira turnê mundial em 1985 e o guitarrista Dominc Miller.

A mistura de trap, baile funk, latinidades e graves do Tropkillaz os tornou bem conhecidos no Brasil, bem como na Europa, Ásia e América do Sul, tendo realizado centenas de shows em mais de 30 países. Eles remixaram Major Lazer, DJ Snake e Justin Bieber, Benny Benassi e Rae Sremmurd.

A sua recente co-produção com DJ Yuri Martins para a música de Anitta, McZaacMaejor, Vai Malandra, é hit nas rádios pop brasileiras e conquistou mais de 70 milhões de plays no Spotify, com mais de 400 mil por dia.

Sting e Shaggy preparam o lançamento do álbum 44/876 que chegará ao mercado pela Universal Music no dia 20 de abril de 2018.

Ouça a nova versão de Don’t Make Me Wait por Tropkillaz:

É jornalista e pesquisador musical. Cobre shows nacionais e internacionais e já entrevistou bastante gente interessante do Brasil e do mundo. Foi vencedor do Prêmio TopBlog Brasil em 2010 na categoria "Música"e foi membro do Grammy Latino.

ROCK

Goo Goo Dolls: conheça o novo álbum “Miracle Pill”

Published

on

Goo Goo Dolls: conheça o novo álbum "Miracle Pill"
Divulgação

O Goo Goo Dolls, a banda de rock multi-platina e quatro vezes indicada ao Grammy, lançou neste mês em todas as plataformas digitais, o novo álbum Miracle Pill, pela Warner Bros. Records. No projeto, o vocalista e guitarrista John Rzeznik e o baixista Robby Takac compartilham observações e experiências culturais da banda que moldaram o álbum neste momento tão oportuno da sociedade.

Goo Goo Dolls: conheça o novo álbum "Miracle Pill"

“Eu queria fazer algo ousado e brilhante”, disse Rzeznik sobre o álbum. “Eu queria cantar sobre a necessidade de conexão humana e as constantes mudanças pelas quais passamos como pessoas. Este trabalho incorpora estes temas e acho que todo podemos nos relacionar”.

Miracle Pill foi antecipado pela faixa homônima que destacada os riffs memoráveis de piano, intensos acordes de guitarra e um ritmo arrojado, seguro e envolvente, com Rzeznik cantando diretamente para a geração fixada no reconhecimento e gratificação instantânea.

A faixa, que, dias depois do lançamento do single oficia, veio acompanhada de videoclipe inédito, dirigido por Ed Gregory e Dan Cooper, chega com um refrão daqueles que ficam na cabeça, deixando claro para o público que a mensagem da música pode ser administrada mais facilmente do que qualquer comprimido que encontramos na farmácia.

“Miracle Pill é uma metáfora para a geração fissurada na gratificação instantânea e alívio que nós buscamos dentro das nossas próprias circunstâncias”, comentou Rzeznik sobre a faixa e o álbum. “Está triste? Tome uma pílula. Está se sentindo só? Fique popular nas redes sociais. O fato importante é que ninguém tem 50 amigos, muito menos 5 mil. Eu só estou tentando articular minhas observações da segunda década do século 21, com toda a sua angústia, avareza, confusão e insegurança. Nós somos inundados por besteiras, objetos brilhantes e baratos e soluções falsas para todos os problemas e desejos que temos. Não tenho respostas para essas perguntas, mas, não acredito que a adoração a heróis, lapsos da vida, atalhos e escapismos são as respostas. Eu só quero fazer uma conexão real com pessoas reais, em tempo real”.

O Goo Goo Dolls embarcará em várias datas para uma turnê sul-americana neste segundo semestre, incluindo uma aparição altamente antecipada no icônico festival de música Rock in Rio, no dia 29 de setembro, no Rio de Janeiro.

Com mais de 30 anos de estrada como banda, mais de 12 milhões de álbuns vendidos e 14 hits número um e TOP 10 no Hot AC, Miracle Pill mostra o Goo Goo Dolls no topo da trajetória. Toda a coleção de faixas deste novo projeto oferece uma musicalidade mais envolvente do que nunca, emoção e letras íntimas e relacionáveis que refletem o cenário atual de gratificação e alívio instantâneos que todos parecem estar procurando.

Confira a tracklist completa de Miracle Pill:

1. Indestructible
2. Fearless
3. Miracle Pill
4. Money, Fame and Fortune
5. Step in Line
6. Over You
7. Lights
8. Lost
9. Life’s a Message
10. Autumn Leaves
11. Think it Over

Continue Reading

ROCK

The Cult lança reedição de 30 anos do álbum “Sonic Temple”

Published

on

The Cult lança reedição de 30 anos do álbum "Sonic Temple"
Divulgação

A banda The Cult anunciou a reedição do álbum Sonic Temple de 1989 como um box de luxo e um conjunto de 5 CD´s. Além disso, também será lançada uma edição em LP duplo que não é produzido há mais de 20 anos. Os dois conjuntos contêm demos de versão limitada, além de faixa não lançadas anteriormente.

The Cult lança reedição de 30 anos do álbum "Sonic Temple"

A banda também está feliz em anunciar mais datas da turnê do Sonic Temple. Depois de uma série de datas de enorme sucesso e completamente esgotada na costa oeste dos EUA, eles farão 10 shows no Reino Unido, em outubro.

Originalmente lançado em 1989, Sonic Temple provou ser um momento crucial para a banda e para a cena do rock. Produzido pelo lendário Bob Rock, o álbum teve quatro singles no topo das paradas; Fire Woman, Edie (Ciao Baby), Sun King e Sweet Soul Sister.

Em uma entrevista recente sobre o álbum, Ian Astbury explicou como a banda reuniu hard rock e indie rock para criar sons únicos e revolucionários no Sonic Temple: “Queríamos reter nosso DNA principal à medida que nos aprofundamos nas influências psych e do hard rock. Foi uma imersão completa para mim em arte, cinema, música, poesia e literatura, tecendo essas influências no que se tornaria Sonic Temple. A banda estava se tornando mais popular. Estávamos em águas desconhecidas. A maioria das bandas que criamos haviam se separado ou caído. Estávamos acelerando. Não havia tempo real para respirar. Estávamos formando novas alianças e quebrando o teto de vidro do ‘indie forasteiro’”, disse.

O álbum catapultou The Cult para o status de superstar e continua sendo seu lançamento de maior sucesso comercial. Ele já vendeu mais de 1.5 milhões de cópias somente nos EUA e foi declarado platina em 1990. Chegou à 10ª posição nas paradas da Billboard, e as músicas mencionadas continuam sendo as principais tocadas nas rádios de rock até hoje.

The Cult lança reedição de 30 anos do álbum "Sonic Temple"

A setlist da turnê de Sonic Temple é extraída dos 10 álbuns de estúdio do The Cult, com a peça central sendo um super set focado em suas músicas principais – algumas dessas músicas não foram tocadas desde que o álbum foi lançado originalmente. Cada show será uma reunião e celebração para os fãs do The Cult – uma oportunidade de se reunir por uma noite – um evento que será memorável para todos os que comparecerem.

Como Billy Duffy afirmou sobre a turnê em uma entrevista recente: “Eu gostaria que os fãs não apenas se permitissem um pouco de indulgência em momentos mais felizes e talvez mais simples do final dos anos 1980 por algumas horas em um show do ST19, mas também ficassem felizes que a música agora é realmente sua posse, não nossa, e fazer com ela o que quiserem.”

O box contém três vinis e uma fita cassete, além de gravações e itens especiais. É numerado e limitado a 3 mil peças em todo o mundo e contém 40 faixas, quatro das quais não foram lançadas anteriormente. LP1 + 2 contém o álbum como originalmente lançado. O LP3 contém o Live At Wembley gravado pela BBC e o cassete incluído contém demos de versão limitada. Quatro das faixas ao vivo são inéditas.

The Cult lança reedição de 30 anos do álbum "Sonic Temple"

O conjunto de 5 CD´s contém 53 faixas (incluindo 6 inéditas) com o álbum original no Disco 1, edições alternativas, mixagens, versões estendidas e versões acústicas no disco 2, demos de versão limitada nos discos 3 e 4 e Live at Wembley gravado pela BBC no disco 5. Seis das faixas ao vivo são inéditas.

É embalado em forma de livro com fotografias raras e entrevistas com a banda pelo estimado jornalista britânico James Brown.

O LP duplo é uma reedição remasterizada do álbum original. Agora como um vinil preto, o áudio é aprimorado e contém 16 faixas no total, que compreendem o álbum original mais 6 lados B.

A versão digital replica o conjunto de CD, mas exclui o álbum original, totalizando 43 faixas.

Confira o material no site oficial do produto.

Continue Reading

ROCK

Pixies lança novo álbum “Beneath The Eyrie”

Published

on

Pixies lança novo álbum "Beneath The Eyrie" e anuncia turnê mundial
Divulgação

Pixies lança o aguardado novo álbum Beneath The Eyrie, contendo 12 faixas. O lançamento marca a estreia da banda com o selo Infectious via BMG, e foi produzido por Tom Dalgety, indicado ao Grammy.

Pixies lança novo álbum "Beneath The Eyrie" e anuncia turnê mundial

Com três singles lançados, On Graveyard Hill, Catfish Kate e St Nazaire, tendo o primeiro estreado em #1 no SubModern Chart da FMQB, o disco é fiel ao trabalho de décadas da banda, soando familiar mas um tanto inquietante.

Beneath The Eyrie recapitula a velocidade raivosa, a invenção sem limites e a estética vívida e envolvente dos primeiros e lendários álbuns do Pixies, sem sentir a necessidade de recriá-los. Em vez disso, a banda brinca com novas sonoridades, como doom rock, ragtime, Weezer pop e western psych.

Junto à liberação dos singles e divulgação do álbum, a banda produziu 12 episódios da série It’s a Pixies Podcast, explorando o processo criativo de Beneath The Eyrie e dando um olhar mais intimista com conversas entre os membro do Pixies e Tom Dalgety. O último episódio foi ao ar ontem, e pode ser ouvido aqui.

A banda iniciou sua extensa turnê mundial em agosto, no Daydream Festival em Pasadena (EUA).

Confira:

Continue Reading

As Mais Lidas