Connect with us
Zeca Pagodinho apresenta o show "Samba do Zeca" no Rio de Janeiro Zeca Pagodinho apresenta o show "Samba do Zeca" no Rio de Janeiro

MPB & SAMBA

Zeca Pagodinho apresenta o show “Samba do Zeca” no Rio de Janeiro

Primeira edição de 2020 da roda comandada por Zeca terá a participação de Thiago Martins, dia 1 de fevereiro

Divulgação

Published

on

Depois de uma temporada de tirar o fôlego, em 2019, Zeca Pagodinho volta ao Jockey Club com o Samba do Zeca, no auge do verão 2020. O espetáculo transporta para o coração da zona sul do Rio de Janeiro a mesma energia das lendárias rodas promovidas por Zeca em Xerém.

No dia 1 de fevereiro, a partir das 16h, o bamba receberá o cantor Thiago Martins em mais um fim de tarde e início de noite como muito samba no pé e na palma da mão.

Zeca Pagodinho apresenta o show "Samba do Zeca" no Rio de Janeiro

No repertório, além de sucessos do próprio Zeca como, Verdade, Deixa A Vida Me Levar, Coração em Desalinho, Vai Vadiar, sambas de Cartola, Nelson Cavaquinho, Elton Medeiros, Candeia, Casquinha, entre outros bambas. Com a direção musical e o violão de Paulão 7 Cordas, a banda do Samba do Zeca é formada por Waltis Zacarias (percussão), Rodrigo Jesus (percussão), Paulino Dias (percussão), Jorge Gomes (bateria), Alessandro Cardoso (cavaquinho) e Dudu Oliveira (sax e flauta).

O projeto realizado pela Peck Produções e Carioca Entretenimento chega ao seu quarto ano. Desde a estreia, em outubro de 2017, o Samba do Zeca já recebeu convidados de diferentes gerações da música brasileira, como Maria Rita, Diogo Nogueira, Moacyr Luz, Monarco, Xande de Pilares, Criolo, Marcelo D2 e Roberta Sá.

Serviço Samba do Zeca:
Data: 01/02/2020
Horário: 16h
Local: Jockey Club Brasileiro
Praça Santos Dumont, 31 – Gávea, Rio de Janeiro
Ingressos:
Pista: R? 90,00 (meia-entrada) /R? 180,00 (inteira)
Pista premium: R? 160,00 (meia-entrada) / R? 320,00 (inteira)
Vendas: http://www.ingressocerto.com/samba-do-zeca-01-02
Classificação: 18 anos

MPB & SAMBA

Nando Reis confirma nova data para show de encerramento da turnê “Esse amor sem preconceito”

Apresentação, adiada por conta da pandemia do Convid-19, combina hits autorais com clássicos do rei Roberto Carlos e terá participação especial de Paulo Miklos

Published

on

Nando Reis confirma nova data para show de encerramento da turnê "Esse amor sem preconceito"
Divulgação

O cantor e compositor Nando Reis anunciou que o dia 19 de junho é a nova data para o show de encerramento da turnê Esse amor sem preconceito. O espetáculo é baseado no álbum mais recente do artista, Não sou nenhum Roberto, mas às vezes chego perto, com músicas de Roberto Carlos. A apresentação traça um paralelo poético entre a obra autoral do ex-Titã com os clássicos do ícone da Jovem Guarda. A realização do show é assinada pela Peck Produções.

Nando Reis confirma nova data para show de encerramento da turnê "Esse amor sem preconceito"

No repertório, músicas como O Segundo Sol, As coisas tão mais lindas, Pra você guardei o amor, Sei e All Star, de Nando Reis, e Alô, De tanto amor, Você em minha vida, Todos estão surdos e Amada Amante, de Roberto Carlos em parceria com Erhttp://vivorio.com.br/eventos/nando-reis/asmo Carlos – esta última foi a música que inspirou o nome da turnê: “Esse amor sem preconceito/ Sem saber o que é direito/ Faz as suas próprias leis”.

O show terá ainda a participação especial do cantor Paulo Miklos, companheiro de banda de Nando nos Titãs.

Lançado em abril de 2019, quando Roberto Carlos completou 78 anos de idade, esse é o 13º álbum do músico, com 12 faixas de 23 anos de repertório do Rei, entre os anos de 1971 a 1994.

Nando Reis
9 de junho de 2020 (sexta-feira)
Horário: 22 horas
Local: Vivo Rio (Infante Dom Henrique, 85 — Parque do Flamengo — Rio de Janeiro
Classificação: 18 anos
Ingressos: http://vivorio.com.br/eventos/nando-reis/
Valores: A partir de R$120

Continue Reading

MPB & SAMBA

Coronavírus: Leandro Lehart chegou passar “dias terríveis” em UTI

Published

on

Coronavírus: Leandro Lehart chegou passar "dias terríveis" em UTI
Divulgação

O cantor Leandro Lehart revelou em seu perfil no Instagram que chegou a ficar seis dias internado em uma UTI após ter contraído o coronavírus. Já recuperado, o artista de 48 anos e compositor de sucessos do Art Popular, diz ter vivido “dias terríveis”.

Coronavírus: Leandro Lehart chegou passar "dias terríveis" em UTI

“Eu passei muito mal e aí eu tive uma pneumonia por causa do covid-19. Fiquei seis dias na UTI, passei dias terríveis, mas quero dizer que eu estou novo, e estou muito bem graças a Deus”, escreveu na rede social.

Leandro Lehart também revelou que começou a passar mal após trabalhar no show Samba Cura Live, que aconteceu no dia 21 de março. Desde então, o cantor preferiu não divulgar o problema: “Me silenciei por uma opção. Achei que era mais importante ficar quieto. Hoje estou em casa, estou em alta, feliz e rezando pelos doentes da covid-19”, concluiu.

Assista:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Comunicado aos fãs.

Uma publicação compartilhada por Leandro Lehart (@leandrolehart) em

Continue Reading

MPB & SAMBA

Clarice Falcão revisita sua carreira no EP “Eu Me Lembro”

Apontando para uma nova sonoridade da artista, álbum conta com hits e participação de Letrux

Published

on

Clarice Falcão revisita sua carreira no EP "Eu Me Lembro"
Divulgação

A cantora, compositora e atriz Clarice Falcão revisita, homenageia e recria sua carreira no EP Eu me Lembro. O novo projeto conta com cinco canções de trabalhos anteriores da cantora com a estética eletrônica que marca a turnê atual da artista, inspirada no disco Tem Conserto (2019).

Clarice Falcão revisita sua carreira no EP "Eu Me Lembro"

Trazendo outras cores para favoritas do público, o EP serve como um marco da evolução e amadurecimento de Falcão, está disponível em todas as plataformas digitais pela Ditto e chega junto de um clipe.

“Minha música é muito focada nas letras, que é algo que gosto muito, mas nos últimos anos eu queria que a música acompanhasse o clima. Mudamos bastante e achamos novas camadas para essas canções”, conta Clarice.

Lançado no ano passado, Tem Conserto traz uma artista se abrindo de modo inédito para debater questões profundas e pessoais, como ansiedade e depressão, que a acompanham desde a adolescência. O álbum foi o grande responsável por essa nova direção musical. Integrando essa estética agora a canções de discos anteriores de Falcão, o EP Eu Me Lembro traz a inédita Pra Ter o que Fazer, lançada anteriormente somente no YouTube em 2012 em um formato voz e violão; duas faixas do disco Problema Meu, Irônico e Eu Escolhi Você, além de duas do seu debut Monomania, O Que eu Bebi e Eu Me Lembro, que ressurge em um dueto com Letrux.

“Sou muito fã da Letícia (Novaes) desde o tempo de Letuce. Antes mesmo dela ser a Letrux e do Noite de Climão, a convidei para cantar essa música comigo em um show no Circo Voador e foi mágico. A partir daquele dia, sempre tentei fazer o dueto dessa música com outras mulheres. Aí quando decidimos regravar essa música, que além de ser uma das mais conhecidas e uma das que mais ressoam em mim, não tive dúvidas de convidá-la”, conta Clarice, que na versão original faz um dueto com Silva.

Eu Me Lembro conta com a produção de Lucas de Paiva. A mixagem e masterização são assinadas por Gabriel Guerra.

Confira o clipe:

Continue Reading

As Mais Lidas