in

Zélia Duncan faz duras críticas ao presidente Bolsonaro  

“Mataram mais 600 mil, mas não querem ser chamados de nazistas”, declarou

Zélia Duncan faz duras críticas ao presidente Bolsonaro  
Foto: Denise Andrade

A cantora e compositora Zélia Duncan foi às suas redes sociais mais uma vez para criticar o governo de Jair Bolsonaro (PL). A cantora fez comentários acerca dos R$ 900 mil gastos pelo chefe de estado durante férias tiradas em São Francisco do Sul, em Santa Catarina, no final do ano passado.

“900 mil reais ele gastou, só nas últimas férias… Sem nunca ter trabalhado”, escreveu Duncan no microblog. Logo em seguida um seguidor do presidente a criticou dizendo que a cantora estava apenas com inveja. “Inveja de quê? De ser o pior presidente da história? Não, certamente não… Acho que você não entendeu o post, lê de novo, devagar”, rebateu a cantora.

Zélia Duncan faz duras críticas ao presidente Bolsonaro  
Foto: Denise Andrade

Ainda nesta semana, Zélia Duncan comparou o governo de Jair Bolsonaro com o nazismo, pela grande quantidade de mortes ocorridas na pandemia do novo coronavírus: “Matam mais de 600 mil, mas não querem ser chamados de genocidas, gostariam de matar mais 600 mil, mas não querem ser chamados de nazistas. É uma gente muito fofa mesmo”, disse na ocasião.

Matéria produzida por The Music Journal Brazil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Gusttavo Lima: mulher, que alega filha com o cantor, separou fotos em processo  

Gusttavo Lima: mulher, que alega filha com o cantor, separou fotos em processo  

Anitta e Ricardo Salles: as farpas continuam  

Anitta e Ricardo Salles: as farpas continuam