Connect with us

Lindsey Buckingham, célebre guitarrista do Fleetwood Mac, lançou nesta sexta-feira (5) a compilação Solo Anthology: The Best Of Lindsey Buckingham que inclui versões ao vivo e alternativas de Law and Order, Go Insane, Out of the Cradle, além de incorporar músicas de seu projeto colaborativo com Christine McVie, lançado em 2017. Esta coletânea está disponível no Brasil apenas em formato digital pela Warner Music via Rhino Records.




Solo Anthology também resgatará o trabalho cinematográfico de Buckingham com o hit Holiday Road da trilha sonora de filmes de 1983, para as férias de National Lampoon, incluindo duas faixas inéditas.

Também estarão os sucessos Trouble, Don´t Look Down, Holiday Road, além de versões ao vivo de clássicos como Bleed To Love Her, I´m So Afraid e Go Your Own Way.

Confira:

É jornalista e pesquisador musical. Cobre shows nacionais e internacionais e já entrevistou bastante gente interessante do Brasil e do mundo. Foi vencedor do Prêmio TopBlog Brasil em 2010 na categoria "Música"e foi membro do Grammy Latino.

ROCK

Ozzy Osbourne sobre o Parkinson: “Não vou me aposentar”

Lendário frontman do Black Sabbath afirma que se recusa a abandonar a carreira em sua luta contra a doença degenerativa

Published

on

Ozzy Osbourne sobre o Parkinson: "Não vou me aposentar"
Divulgação

O lendário roqueiro Ozzy Osbourne afirmou em uma entrevista à iHeartRadio para o programa ICONS que sua luta contra o Mal de Parkinson, diagnosticado em 2003 e revelado ao mundo recentemente, não o afastará dos palcos e estúdios.

Ozzy Osbourne sobre o Parkinson: "Não vou me aposentar"

“No ano passado, eu estive em um estado ruim, em termos de saúde… Eu fiz uma cirurgia na coluna que me f****. Todo mundo acha que acabei de descobrir o Parkinson. Eu soube do Parkinson desde 2003. E não é como (o de) Michael J. Fox, graças a Deus. É uma coisa mais suave que tenho, mas ainda assim está lá”, disse o cantor. “Não posso deixar que isso me pare. No último ano, tudo isso me alcançou. Infecções nas minhas mãos, depois tive pneumonia, depois caí, depois fiz uma cirurgia. Foi apenas um inferno… Paguei por todos os anos que escaparam de mim”.

Ozzy Osbourne, de 71 anos, garante que não vai se aposentar: “Eu pensei nisso. Ás vezes, penso em pensamentos malucos como esse. Não posso me aposentar. Eu amo vocês, pessoal!”, concluiu.

Continue Reading

ROCK

Freddie Mercury: rua em Londres ganha nome do cantor

Saudoso frontman do Queen é homenageado na rua onde viveu na adolescência

Published

on

Freddie Mercury: rua em Londres ganha nome do cantor
Divulgação

Um rua no subúrbio de Feltham, oeste de Londres, onde Freddie Mercury, eterno frontman do Queen, viveu em sua adolescência, foi renomeada para Freddie Mercury Close durante uma cerimônia que ocorreu no local na última segunda-feira (24).

Freddie Mercury: rua em Londres ganha nome do cantor

O evento contou com a presença de amigos, moradores, fãs e a irmã de Mercury, Kashmira Bulsara e seu filho Samuel, juntamente com Tony Louki, prefeito de Hounslow e The Lord Bilimoria CBE DL.

Para celebrar o nome Freddie Mercury Close também estiveram presentes, todos os membros do Comitê do Reino Unido, bem como os apoiadores da World Zoroastrian Organisation (WZO).

As autoridades locais decidiram renomear parte da Hanworth Road, onde está localizada a sede da WZO, para reconhecer a religião em que Freddie Mercury nasceu e permaneceu até sua morte em 24 de novembro de 1991.

A família Bulsara mudou-se inicialmente para Feltham, no oeste de Londres, depois de fugir da revolução em Zanzibar no ano de 1964.

“Estamos muito felizes por estar aqui hoje comemorando ainda mais essa estrela talentosa e filho adotivo, alguém que entreteve tantas pessoas durante sua vida”, disse o vereador Tony Louki, prefeito de Hounslow. “Embora Freddie Mercury tenha morrido em 1991, seu legado vive através de sua maravilhosa música e uma placa azul na Gladstone Avenue, além de ser lembrado com carinho pelos fãs em todo o mundo”, disse.

Continue Reading

ROCK

Rush: Neil Peart será homenageado no tributo “A Night For Neil” em maio

Lendário baterista, considerado um dos maiores de todos os tempos, será celebrado em concerto no Canadá

Published

on

Rush: Neil Peart será homenageado no tributo "A Night For Neil" em maio
Divulgação

Um show em homenagem a Neil Peart, lendário baterista do Rush, está marcado para maio. Peart, que morreu em 20 de janeiro após uma batalha contra um câncer no cérebro, terá sua carreira celebrada no concerto tributo A Night For Neil, que será realizado em sua cidade natal, St Catherine’s, em Ontário no Canadá. O show acontecerá no dia 16 de maio.

Rush: Neil Peart será homenageado no tributo "A Night For Neil" em maio

A Night For Neil está sendo organizado em conjunto com a família de Neil Peart e deverá apresentar vários artistas e palestrantes para prestar homenagem ao baterista.

Toda a renda arrecada no tributo será concertida para as instituições beneficentes da Overtime Angeles, para o Hospital St. Catherine, Walker Cancer Centre, Juravinski Hospital & Cancer Centre em Hamilton e para o The Royal Victoria Regional Health Centre em Barrie, também em Ontário (CAN).

“Estamos especialmente satisfeitos por poder apoiar este evento de caridade que beneficiará algumas organizações tão necessitadas que estão próximas de nossos corações”, disseram Glen e Betty Peart, pais de Neil.

A morte de Neil Peart aos 67 anos foi divulgada pelo seus companheiros do Rush nas redes sociais: “É com corações partidos e com a mais profunda tristeza que devemos compartilhar as terríveis notícias de que nosso amigo, irmão de alma e companheiro de banda por mais de 45 anos, Neil, perdeu sua batalha incrivelmente corajosa de três anos e meio contra um câncer de cérebro (blioblastoma)”.
_
Os ingressos para o concerto A Night For Neil, estarão disponíveis na Ticketmaster nesta sexta-feira (28).

Continue Reading

As Mais Lidas